Super-Porco, o primo rico da pátria das chuteiras furadas. Que venha 2017!

Resultado de imagem para TORCIDA DO PALMEIRAS PORCO FOTOSO Peixe bem que tentou, chegou até a conversar e sonhar, mas na hora de a onça escovar os dentes… pimba na caxirola. Dono de uma situação financeira invejável na pátria das chuteiras furadas, o Palmeiras abriu o cofre e passou a perna no coirmão da Baixada: acertou a contratação de Alejandro Guerra.

Os palmeirenses pagaram R$ 10 milhões ao Atlético Nacional e nocautearam o Santos. O meia venezuelano de 31 anos foi considerado o melhor jogador da última Libertadores, conquistada pelo time colombiano. Guerra assinou por três anos. Deve ganhar algo em torno de R$ 250 mil para a xepa.

A transação envolvendo Guerra deixa claro que no ludopédio brasileiro de hoje quem dá as cartas é o Palmeiras. E joga de mão. Ninguém tem condições de competir com os periquitos em revista, a menos que se disponha a mergulhar numa dívida de consequências avassaladoras. Enfiar a cabeça ainda mais no fundo do poço.

Outros números que mostram a força do Palmeiras como rei da cocada preta, o time a ser batido em 2017. Enquanto o Corinthians planeja gastar R$ 13 milhões e o soberano Tricolor promete aplicar R$ 17 milhões em reforços, o Palestra já mandou bala em R$ 23,3 milhões.

Além dos R$ 10 milhões investidos em Guerra, comprou parte dos direitos de Hyoran (R$ 6 milhões), Raphael Veiga (R$ 4,5 milhões) e Keno (R$ 3 milhões). O São Paulo, por exemplo, só conseguiu acertar com Cícero porque o Fluminense topou pagar 30% do salário do atleta (ganha R$ 500 mil). E o Corinthians aposta em Kazim…

O próximo reforço palmeirense acertou nesta sexta: Michel Bastos, contrato de dois anos, luvas de R$ 1 milhão e R$ 300 mil de salário, mais bônus por metas atingidas. O meio-campista de 33 anos rescindiu o contrato com o São Paulo. O volante Felipe Melo e o atacante Lucas Pratto também estão na mira.

Alexandre Mattos, o gerente de futebol, deixou claro nos últimos dias que o
Palmeiras não vai medir esforços para voltar a erguer a Libertadores e chegar ao tão sonhado título mundial: “Não que a gente não queira o Brasileiro, mas a Libertadores é o grande objetivo e, depois o Mundial.”

O pontapé inicial para formar um time com jogadores ‘cascudos’ foi dado com Guerra. O meia disputou 34 jogos pelo Atlético Nacional e marcou 10 gols. Já defendeu 61 vezes a seleção da Venezuela.

Em entrevista ao jornal ‘As’, edição da Colômbia, Guerra afirmou que sofre terrível marcação em casa. Sempre leva um puxão de orelha da mulher, Kris Espejo, quando não corre para o abraço em um jogo. “Outro dia, fiz um gol e perdi dois. Cheguei em casa e ela estava irritada. Não falou do gol que marquei, só dos que perdi. Disse que eu perdi no ‘mano-a-mano’ contra o goleiro”, contou o novo reforço do Palmeiras.

Eles estão juntos há 18 anos e têm dois filhos. O mais velho, Kleverson, 10 anos, também corneta o pai após uma atuação ruim. “As críticas da minha família são boas. Por eles eu mudei até minha mentalidade. Ela cresceu comigo no futebol e entende perfeitamente quando estou bem, quando estou mal e quando posso fazer mais. É muito detalhista. Penso que tenho um treinador em casa que me ajuda muito.”

                                                   ###############

Sugismundo Freud. Aos navegantes e afogados: não basta ler, tem que entender. Feliz ano novo!

Missão 2017. Nada como um ano depois do outro. Com a conquista da Copa do Brasil, o Grêmio passou às chuteiras de Fluminense e soberano São Paulo a gloriosa liderança da fila do gargarejo sem títulos (estaduais e nacionais) entre os principais times do esporte bretão nacional. Os Tricolores não soltam o grito de campeão há quatro anos. Depois aparecem Flamengo e Raposa, com duas temporadas de jejum. Galo, Botafogo, Corinthians e Saci colorado carregam um ano.

Zé Corneta. O Palmeiras entregará um Boeing a um piloto de teco-teco?

A vida é bela. Alô você, Pachecão argentino! Pode mandar lavar a camisa da seleção e, depois, guardá-la na gaveta até carimbar o passaporte para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia. As chances de Messi & Cia. ficarem fora da grande festa da mamãe Fifa são mais remotas do que o Brasil expurgar a corrupção. Pode até não figurar entre as quatro seleções que garantirão a classificação direta para a competição. Mas não dá para tropeçar na repescagem contra um poderoso e nada significante representante da Oceania. Se isso acontecer, deve fechar as portas e passar o ponto, a AFA, para a federação de cuspe à distância. Ou será que os hermanos poderão ser abatidos por Fiji, Ilhas Cook, Ilhas Salomão, Kiribat i, Nova Zelândia, Vanuatu, Tahiti, Nova Caledônia, Papua Nova Guiné, Samoa Americana ou Tonga na luta pelo último suspiro? Para felicidade geral da nação, a Austrália briga por vaga na Ásia.

Pitaco do Chucky. O saque da política está cada vez mais forte no futuro de Bernardinho. O treinador deve sair candidato pelo PSDB nas eleições de 2018.

Zapping. ‘SporTV’, o canal campeão: Luiz Carlos Júnior (14,4%) e Milton Leite (11,86%) conquistaram os dois primeiros lugares como piores narradores, em pesquisa do ‘Uol’ com os jogadores. André Henning, do ‘Esporte Interativo’, fechou o pódio, com 9,32%. Os melhores: o global Galvão Bueno (48,3%), Milton Leite (12,71%) e Luís Roberto (11,01%), da plim-plim.

Caiu na rede (by ‘Kibeloco’). O brasileiro se f*d&u tanto em 2016 que a retrospectiva do ano será mostrada no sex hot.

Zapping 2. ‘Resenha ESPN’ foi escolhido pelos boleiros como melhor programa esportivo. Recebeu 22,88% dos votos. Em segundo ficou ‘Bem, Amigos’, da ‘SporTV’, com 13,55%, à frente de ‘Seleção SporTV’ (11,86%). Já o ‘Donos da Bola’, comandado pelo ex-jogador Neto na Band, ganhou como pior, com 24,57%. Depois aparecem ‘Fox Sports Rádio’ (7,62%), ‘Bate-bola’, da ‘ESPN Brasil’ (6,77%) e ‘Expediente Futebol’, da ‘Fox’ (6,77%).

Patolino na geral. O soberano São Paulo vai às compras com a mesma velocidade de uma tartaruga grávida.

Pique no lugar. Mais do que nunca, o futevôlei virou a grande sensação do verão. Explica-se: os jogadores queimam 600 calorias em uma hora, reforçam os músculos do abdome, glúteos e pernas, aceleram o metabolismo e melhoram a capacidade de adaptação social.

Dona Fifi. A cartolagem do Corinthians anda mais parada que manequim de loja em shopping.

Na onda. O havaiano John John Florence, novo rei da prancha, faturou US$ 676 mil (R$ 2,2 milhões) nesta temporada. Campeão mundial pela primeira vez, o surfista começou o ano ganhando o Eddie Aikau  (ondas grandes) e fechou  com a conquista da Tríplice Coroa Havaiana. O brasileiro Gabriel Medina embolsou US$ 287 mil e ficou em quarto no ranking de premiações.

1 – John John Florence (HAV) – US$ 676 mil
2 – Matt Wilkinson (AUS) – US$ 362 mil
3 – Jordy Smith (AFS) – US$ 320 mil
4 – Gabriel Medina (BRA) – US$ 287 mil
5 – Kelly Slater (EUA) – US$ 259 mil
6 – Filipe Toledo (BRA) – US$ 241 mil
7 – Sebastian Zietz (HAV) – US$ 229 mil
8 – Kanoa Igarashi (EUA) – US$ 228 mil
9 – Michel Bourez (TAI) – US$ 226 mil
10 – Kolohe Andino (EUA) – US$ 210 mil

Gilete press. Do pequeno grande Tostão, na ‘Folha’: “As seis boas atuações e vitórias seguidas da seleção com Tite devem ser elogiadas e vistas com otimismo, mas sem oba-oba e sem perder o senso crítico. Zagallo, Parreira e Felipão foram campeões do mundo e, depois, bastante criticados. Antes da derrota para a Holanda, na Copa de 2010, Dunga tinha 80% de aprovação popular. Um descuido, um erro, uma expulsão mudam toda a história (…) O Brasil voltou a ser um dos candidatos ao título mundial. Temos de sonhar, mas com os pés no chão.” Bingo!

Zé Colmeia. A média de público da Bundesliga é de apenas 41.640 pagantes por jogos. Mesmo sem fazer grande campanha, o Borussia Dortmund dá show nas arquibancadas: 81.072 torcedores por confronto.

Tititi d’Aline. O hermano Tevez viajou para o outro lado do planeta, mais precisamente para defender o Shanghai Shenhua, em troca de US$ 39.652.200 por temporada, ou US$ 3.234.000 por mês, ou US$ 826.000 por semana, ou US$ 4.952 por hora, ou US$ 82,53 por minuto, ou US$ 1,37 por segundo, ou mais que Messi, Cristiano Ronaldo, Neymar, Tom Brady e LeBron James. O ex-corintiano só come poeira do piloto Sebastian Vettel, que fatura US$ 49 milhões por ano na Ferrari. Que dureza!

Você sabia que… o homem-bala jamaicano Usain Bolt e a ginasta americana Simone Biles foram escolhidos como ‘Campeões dos Campeões’, em votação do jornal esportivo ‘L’Equipe’?

‘Bola de ouro’. Marco Polo Del Nero. O imperador ostentação passou mais uma temporada sentado, belo e formoso, no trono do Circo Brasileiro de Futebol. Não viajou, é verdade, para compartilhar donuts com os amigos do FBI, mas pôde cantarolar à vontade ‘daqui não saio, daqui ninguém me tira…’

Bola de latão. Rio-16. Organizou a grande festa do esporte olímpico, gastou os tubos e agora está de pires na mão. Sob a batuta do interminável e irrequieto Carlos ‘Rolando Lero’ Nuzman, pode até entrar com pedido de recuperação judicial. Não há dinheiro nem para pagar a conta do cafezinho.

Bola de lixo. 2016. Que aninho duro de terminar! Um show de corrupção, violência e intolerância. Vade retro, satanás! Vai que é suuuuuaaaa, 2017!

Bola sete. “O Brasil é o único país onde puta tem orgasmo, cafetão sente ciúmes e traficante é viciado” (do saudoso Tim Maia – nunca é demais repetir).

Dúvida pertinente. Ano novo, bola velha?

O que você achou? jr.malia@bol.com.br

O cobiçado Marinho abre o coração: camisa não importa, o negócio é fazer o pé-de-meia

Resultado de imagem para fotos jogador marinho do vitória
Atacante Marinho: o importante é o café no bule

Um dos jogadores mais cobiçados após marcar 12 gols com a camisa do Vitória no Brasileirão, Marinho abriu o coração: independentemente da futura cor de camisa, o mais importante é aproveitar o momento “para fazer o pé-de-meia, porque é isso que importa no futebol”. Ou seja, o café no bule fala mais alto.

Justifica: precisa pensar na família, pois o tempo de vida de uma chuteira é curto. “Sou muito do presente. O futebol nos dá oportunidade e não podemos desperdiçá-la. Eu já rodei por muitos clubes”, diz Marinho, que recebe R$ 250 mil por mês.

Aos 26 anos, o atacante está na mira de Flamengo, Peixe, Botafogo, Grêmio, Palmeiras, Corinthians e chineses. O Vitória quer R$ 18 milhões pelos direitos do jogador, que espera ser negociado até o início de janeiro.

Antes de explodir no time baiano, o alagoano Marinho passou por Fluminense, Saci colorado, Caxias, Paraná, Goiás, Ituano, Náutico, Ceará e Raposa.

O Vitória é dono de 50% da pizza Marinho. O restante pertence à Raposa (30%) e à empresa JMB. Ou seja, como detém a maior parte da mozarela, o time baiano dá a palavra final.

                                               ###############

Pitaco do Chucky. Não tem choro nem vela: Palmeiras declara Guerra aos coirmãos.

Carcará. O prestígio do volante Leandro Donizete é dos melhores entre os boleiros. Pelo segundo ano consecutivo, o atleta do Galo foi escolhido pelos jogadores como o mais violento do ludopédio nacional. Ele ganhou 33,05% dos votos na pesquisa do ‘Uol’. Em segundo ficou o lateral corintiano Fagner, com 11,01 %. Ano passado, Leandro Donizete venceu com 17,4% das preferências. O top 5 tem ainda o zagueiro vascaíno Rodrigo (7,62%), o lateral gremista Edilson (4,23%) e o botafoguense Joel Carli (4,23%). Leandro Donizete deve assinar contrato com o Peixe por três anos. Aos 34 anos, vai receber R$ 200 mil por mês. Não renovou com o Galo porque o time mineiro ofereceu acordo por apenas mais um ano.

Sugismundo Freud. Se Maomé não vai à montanha é porque comprou uma casa de veraneio.

Divórcio amigável. Estando bom para ambas as partes, ficamos assim: o soberano Tricolor nada exigirá pela liberação antecipada, Michel Bastos perdoará uma dívida e o casamento se encerra depois de 120 partidas e 22 gols. Uma união que se caracterizou por tapas e beijos desde que o meio-campista se apresentou ao São Paulo, em agosto de 2014. A partir de 1º de janeiro, Michel Bastos já poderá vestir outro enxoval. O acordo com o Tricolor terminaria apenas em dezembro do próximo ano, mas não havia mais clima para o atleta permanecer no clube, que se livrou de um salário de R$ 350 mil por mês, um dos mais altos da equipe. O ambiente ficou insustentável em agosto, quando os anjinhos organizados pelo diabo invadiram o CT e agrediram o jogador, além de Carlinhos e Wesley.

Zé Corneta. Já passou a hora de os programas esportivos de TV repetirem informações de sites sem o mínimo interesse em checá-las.

Divórcio amigável 2. O meia não deverá ficar muito tempo desempregado, já que vários times desejam contratá-lo, entre os quais Palmeiras, Peixe e Raposa. Michel Bastos explodiu no Figueira, em 2005. Depois, foi negociado ao Lille. Em 2009, foi contratado pelo Lyon e descolou uma bonequinha entre os anões de Dunga que foram à Copa de 2010. Três anos depois, foi emprestado ao Schalke 04, da Alemanha. Passou pelo Al Ain, dos Emirados Árabes, e Roma, antes de acertar com o São Paulo.

Zé Colmeia. Flamengo renova contrato por atacado: goleiro Muralha (até dezembro de 2020), meio-campista William Arão (final de 2019), zagueiro Juan (mais uma temporada) e volante Márcio Araújo (mais um ano).

Caiu na rede (by ‘Olé do Brasil’). Colorados mudam o discurso para 2017: ‘Time grande cai sim, era só brincadeira’.

Gilete press. De Emerson Leão na ‘ESPN Brasil’, sobre os jornalistas esportivos: “Eu vejo jovens analisando treinadores que têm 30 a 40 anos de carreira. Digamos, está com 30 anos e formou no quê? Jornalismo. Fez curso esportivo? Fez. ‘Tô trabalhando há 3 anos’. E já está julgando uma pessoa de 50 anos no futebol. Isso eu acho um absurdo. E quando fala que fulano de tal tá sendo cotado para tal time (e opinam): ‘Ah, não tá obsoleto’. Primeiro, o sinônimo ele não sabe o que que é, tem várias maneiras de ser ou não ser obsoleto. E, segundo, não entende nada do ramo pra falar, aí vai buscar no currículo dele (analista), zero, não tem currículo nenhum.” Há controvérsias?

Patolino na geral. Fim da linha para o atacante Negueba no Grêmio. Voltará ao Coxa sem deixar saudade.

Tititi d’Aline. O casal Larissa e Lucas curte lua de mel para ninguém botar defeito. O meia do PSG e a mulher voaram para Playa Del Carmen, no México. Eles estão hospedados na pensão Rosewood Mayakoba, com diárias entre R$ 3 mil e R$ 7 mil. Cada quarto tem um terraço com piscina de imersão privativa. Lucas e Larissa começaram a se conhecer melhor em abril de 2015.

Bola de ouro. Verón. O hermnano deu um bico na aposentadoria e defenderá o Estudiantes na Libertadores. Presidente do clube, ‘La Brujita’ assinou contrato por 18 meses. Verón tem 41 anos e está parado desde 2014.

Bola de latão. Carlinhos. O lateral-esquerdo já foi comunicado que deve visitar o RH do soberano Tricolor na volta das férias. Neste ano, disputou apenas 33 das 68 partidas da equipe. É um dos maiores salários do São Paulo: R$ 300 mil.

Bola de lixo. Leila Pereira. A dona da Crefisa conseguiu tumultuar o ninho dos periquitos em revista no fim de ano. Acredita que pode tudo por apoiar o Palestra com patrocínio. O Palmeiras é maior que qualquer um.

Bola sete. “Estamos procurando uma, duas, três pecinhas com perfil um pouco mais voltado para a Libertadores, que é nosso sonho. Não que a gente não queria o Brasileiro, não que a gente não queria o Paulista, mas a Libertadores é o grande sonho” (do gerente palmeirense Alexandre Mattos, sobre o planejamento para 2017 – a conferir).

Dúvida pertinente. Corintianos e são-paulinos: a vaca vai deitar em 2017?

O que você achou? jr.malia@bol.com.br

Campeão Palmeiras ‘contribui’ com R$ 2 milhões para a caixinha da federação

Resultado de imagem para fotos torcida do palmeiras
A torcida palmeirense reforçou o caixa da FPF em R$ 2,1 milhões

Os milionários clubes brasileiros foram extremamente generosos com a cesta básica das paupérrimas federações estaduais ao longo deste maravilhoso 2016.

A entidade paulista, por exemplo, colocou no bolso mais de R$ 4,5 milhões, graças a taxa de 5% que abocanhou de cada renda bruta de uma partida. Uma tungada garantida pelo Regulamento Geral das Competições, de acordo com levantamento do ‘Sr.goool’.

Com um time sensacional de engravatados de colarinho branco, a FPF faturou mais que 14 equipes do Brasileirão, sendo duas deles abrigadas sob seu guarda-chuva, Peixe e Macaca.

Apenas do campeão Palmeiras, a nobre equipe da cartolagem beliscou R$ 2.115.580,78. A contribuição corintiana chegou a R$ 1.459.867,80.

Já a impoluta Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro esquentou o café no bule com R$ 1.778.983,75. O Urubu agraciou a popular Ferj com R$ 1.308.046,40.

Detalhe: ‘sem teto’, o Flamengo pagou duas vezes a taxa em alguns jogos. No duelo contra o Santa Cruz, no Pacaembu, a Ferj levou R$ 55.169, e a FPF, mais 55.169.

A Federação Gaúcha de Futebol também se deu muito bem. Com o suor de Grêmio e Saci colorado, levantou R$ 1.281.232,40.

O desempenho de ouro das federações sanguessugas do sucesso alheio, segundo o ‘Sr.gool’:

FPF – R$ 4.541.641,78
Palmeiras: R$ 2.115.580,78
Corinthians: R$ 1.459.867,80
São Paulo: R$ 467.770,45
Peixe: R$ 411.938,25
Ponte: R$ 86.484,50

Ferj – R$ 1.778.983,75
Flamengo: R$ 1.308.046,40
Fluminense: R$ 272.007,85
Botafogo: R$ 198.929,50

FGF – R$ 1.281.232,40
Grêmio: R$ 675.180,60
Saci colorado: R$ 606.051,80

FMF – R$ 1.200.101,70
Raposa: R$ 546.473,00
Galo: R$ 543.412,45
Coelho: R$ 110.216,25

FPF – R$ 565.809,00
Furacão: R$ 358.325,00
Coxa: R$ 207.484,00

FPF – R$ 364.623,00
Sport: R$ 213.635,75
Santa Cruz: R$ 150.987,25

FCF – R$ 248.471,75
Chape: R$ 132.512,00
Figueira: R$ 115.959,75
FBF – R$ 210.746,62
Vitória: R$ 210.746,62

                                               ###############

Sugismundo Freud. Nem alegria nem tristeza pagam dívidas.

Mega-Sena. Conosco ninguém podosco: o Palmeiras já apresentou suas armas ao meio-campista Felipe Melo, também cobiçado por Flamengo, Corinthians e soberano Tricolor. O campeão brasileiro ofereceu R$ 300 mil de salário, mais bônus de produtividade. Ganhará prêmios especiais se o time conquistar títulos. Receberá ainda um ótimo reforço de luvas para completar a xepa. De quebra, um contrato por três temporadas, nada mal para quem está com 33 anos. O ‘pitbull’ está na Europa desde 2004. Rodou mais que prato de micro-ondas em pensão de estudante: Mallorca, Racing Santander, Almeria, Fiorentina, Juventus, Galatasaray e Inter de Milão. Por aqui, defendeu Flamengo, Raposa e Grêmio. Disputou 22 jogos pela amarelinha desbotada.

Pitaco do Chucky. Enquanto o Corinthians afunda, o mandachuva e raios Roberto de Andrade curte a terra do Pateta.

No paredão. E o caldeirão do diabo ferve nos bastidores do soberano Tricolor. A comissão de ética do clube abriu processo para apurar a responsabilidade do chefão CA de Barros e Silva em uma ação que condenou o São Paulo a pagar R$ 4,6 milhões. O popular Leco terá que se defender em 15 dias. Caso contrário, pode até ser expulso do Conselho Deliberativo e tomar um impeachment. Produto do processo: o não pagamento de uma comissão de R$ 732 mil pela compra do lateral-esquerdo Jorginho Paulista, em 2002. Na época diretor de futebol, CA de Barros e Silva assinou autorização para quitar a comissão da Prazan Comercial Ltda, que serviu de ponte para o negócio.

Zé Corneta. Grêmio apressa a renovação de contrato do ‘vovô’ Douglas, 34 anos. Sabe que Galo e soberano Tricolor estão de olho no meia.

Tite & Cia. no Itaquerão. O medo de uma sonora vaia parece que foi para o espaço. O Circo Brasileiro de Futebol confirmou que o embate entre a amarelinha desbotada e o Paraguai, pelas eliminatórias da Copa, em 28 de março, será em São Paulo. Há muito tempo o canarinho não voa pela capital paulista por causa da reação da torcida, que não perdoa exibição ruim e cai de pau no time. O jogo deve acontecer no Itaquerão, minha casa minha vida. A mansão Allianz Parque é o plano B. A equipe do ‘professor’ Tite (seis jogos, seis vitórias) lidera a corrida por vaga no Mundial. Soma 27 pontos. Cinco dias antes, o time encara o Uruguai, em Montevidéu.

Zapping. Então ficamos assim: com a narradora (?) global Glenda Kozlowski, prata é ouro e ouro não vale nada. Ela escolheu a conquista do segundo lugar de Diego Hypolito na Olimpíada como o fato mais marcante do esporte e simplesmente ignorou a dourada da lutadora de judô Rafaela Silva.

Caiu na rede. Palmeiras, Flamengo, Corinthians e soberano São Paulo querem Felipe Melo para comandar o time de MMA.

Zé Colmeia. Uma ótima proposta do Peixe balança o atacante Nenê. O adeus à nau vascaína parece muito próximo. Nenê quer disputar a Libertadores. Em 2913, com a camisa santista, perdeu o título para o Boca Juniors.

Patolino na geral. O soberano Tricolor agiu em surdina e procurou o Guangzhou Evergrande para discutir a possibilidade de contratar o meio-campista Ricardo Goulart. Os chineses toparam negociar o atleta. Bastaria ao São Paulo pagar a multa 30 milhões de euros (R$ 100 milhões). Game over.

Gilete press. Do pequeno grande Tostão, na ‘Folha’: “Cristiano Ronaldo e Messi se completam. Pelé era a síntese dos dois. Gostaria de ver um jogo festivo, com Messi e Cristiano Ronaldo do mesmo lado. Messi é genial, polivalente, fenomenal armador e artilheiro. Cristiano Ronaldo é especialista, o mais completo finalizador do mundo. Messi é um artista, Ronaldo, uma supermáquina. Messi é natureza, Ronaldo é ciência física.” Na mosca.

Dona Fifi. Depois de estonteantes 66 minutos com a camisa do soberano Tricolor, o meia Jean Carlos rescindiu contrato. Aos 24 anos, ele aterrissou no Morumbi em setembro. Pode ir para o Goiás ou Sport. Antes de defender o São Paulo, Jean Carlos disputou a Série B do Brasileiro pelo Vila Nova e o Paulistinha pelo São Bernardo.

Tititi d’Aline. Pelo jeito, a Mulher-Gato já domou o Batman. A estonteante vilã pediu e o mocinho acatou: não viajou com os famosos ‘parças’ para Trancoso, na Bahia, a fim de participar do auê da virada do ano. Uma das exigências de Bruna Marquezine para reatar o namoro com Neymar era para que o craque deixasse um pouco de lado os amigos e ficasse mais sossegado. O casal ‘Brumar’ deve curtir o ano novo na choupana de R$ 28 milhões que o atacante comprou em Angra dos Reis.

Você sabia que… o atacante Emerson ‘Bitoca’ deixará o Flamengo após disputar 30 das 68 partidas deste ano e marcar apenas seis gols?

Bola de ouro. Chelsea. O time do italiano Antonio Conte segue avassalador na Premier League. Mesmo sem Diego Costa (suspenso), colocou o Bournemouth na roda (3 a 0) e chegou à 12ª vitória consecutiva. Lidera com folga o campeonato. A série invicta começou em 1º de outubro, nos 2 a 0 sobre o Hull City.

Bola de latão. Legado olímpico. Mensagem de otimismo enviada aos atletas pelo COB (caixinha, obrigado Brasil) antes das festas de fim de ano: “Boa tarde, tudo bem? Gostaria de informar que o Plano de Saúde do Bradesco de todos os atletas irá terminar em 31 de dezembro, mesmo que na carteirinha esteja uma data diferente. Tal benefício foi fornecido pelo COB até o ano dos Jogos Olímpicos. Abraços…” Ou seja, a cartolagem usa, abusa e descarta sem o mínimo respeito ao ser humano.

Bola de lixo. LaMia. As autoridades colombianas concluíram que erros cometidos pela companhia aérea boliviana e pelo piloto provocaram a queda do avião que transportava a Chape (71 pessoas morreram). Além da falta de combustível, havia sobrepeso de 400 quilos.

Bola sete. “Nosso objetivo é ter um grupo de 30 jogadores, com a média salarial de R$ 230 mil. É possível fazer um belo time com uma folha de R$ 7 milhões” (do vice de futebol do Grêmio, Odorico Roman – a conferir).

Dúvida pertinente. Contratação do samaritano Felipe Melo: reforço ou problema?

O que você achou? jr.malia@bol.com.br

A maior torcida do país é a que não torce por nenhum time: 40 milhões

Resultado de imagem para fotos bola murchaMuito mais importante que a confirmação de a galera do Flamengo ser a maior do país ou de a soma de palmeirenses e são-paulinos (13,2%) perder para a Fiel (13,7%), merece atenção, e muita, um dado levantado pela Paraná Pesquisas: nada menos que 19,5% das 10.500 pessoas ouvidas afirmaram não torcer ou simpatizar por algum clube. Ou seja, mais de 40 milhões de brasileiros.

A enquete foi realizada em 22 estados e no Distrito Federal, entre março e dezembro deste ano, de acordo com Lauro Jardim, no ‘Globo’. O Flamengo detém 16,2% das preferências.

O time carioca é o mais popular no Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Perde para o Corinthians (18% a 13,8%) na região Sudeste. Já no Sul, o Urubu voa na quarta posição, atrás de Grêmio (20,5%), Saci colorado (15,9%) e Corinthians (8,8%). O Fla tem 5,7%.

Outro detalhe: o Trio de Ferro paulista navega nas primeiras colocações. Fica atrás apenas do Rubro-Negro. A nau vascaína fecha o top 5. O grito na arquibancada:

1º) Flamengo – 16,2% (33.385.191)
2º) Corinthians – 13,7% (28.233.156)
3º) São Paulo – 7,4% (15.250.025)
4º) Palmeiras – 5,8% (11.952.723)
5º) Vasco 4,6% (9.479.745)
6º) Raposa – 4,0% (8.243.257)
7º) Grêmio – 3,5% (7.212.850)
8º) Peixe – 3,1% (6.388.524)
9º) Galo – 2,8% (5.770.280)
10º) Saci colorado – 2,7% (5.564.198)
11º) Bahia – 2% (4.121.628)
12º) Botafogo – 1,7% (3.503.384)
13º) Fluminense – 1,6% (3.297.302)
14º) Sport – 1,3% (2.679.058)
15º) Ceará – 1,1% (2.266.895)
16º) Vitória – 0,8% (1.648.651)
16º) Furacão – 0,8% (1.648.651)
16º) Fortaleza – 0,8% (1.648.651)
19º) Coxa – 0,7% (1.442.570)
19º) Santa Cruz – 0,7% (1.442.570)
Outros times – 5,1% (10.510.153)
Sem clube – 19,5% (40.185.879)

                                               ###############

Pitaco do Chucky. A mídia continua sendo o quarto poder ou também foi rebaixada em 2016 como o Saci colorado?

Que dureza. Tira, põe, deixa ficar: o brasileiro Oscar receberá a bagatela de R$ 1,6 milhão por semana no Shanghai SIPG. Ou trocando em miúdos: R$ 230 por dia, ou R$ 160 por minuto. O clube chinês pagou R$ 241 milhões ao Chelsea pelos direitos federativos do jogador, que será companheiro do incrível Hulk. O café no bule de Oscar será inferior apenas ao do hermano Messi e do gajo Cristiano Ronaldo. Em cinco anos no Chelsea, ele disputou 203 jogos e correu 38 vezes para o abraço. Nesta temporada, atuou somente em 10 partidas e não marcou nenhum gol. Ganhou a Premier League e a Copa da Liga Inglesa, em 2015, e a Liga Europa em 2013. Com Oscar, o Shangai deve facilitar a transferência de Conca ao Flamengo por empréstimo.

Zé Corneta. Empresário Abílio Diniz só pensa naquilo: cornetar o soberano Tricolor, sob a bênção do ‘Uol’. Os outros clubes que se explodam…

Que dureza 2. Por ser o clube formador de Oscar, o soberano São Paulo receberá R$ 5 milhões (2,36% da transação). Em 2012, o jogador provocou um quiproquó entre Tricolor e Saci colorado. A briga pelos direitos do meia chegou à Justiça, que deu ganho de causa ao clube paulista. O Inter teve de pagar R$ 15 milhões para ficar com o jogador. E certamente não se arrependeu. Pouco depois, a equipe gaúcha negociou Oscar ao Chelsea por R$ 80 milhões. Ficou com a metade do dindim. O restante pertencia a Oscar e seu agente. O Saci colorado também vai dar uma beliscadinha na grana da transferência. De acordo com as regras da mamãe Fifa, embolsará R$ 2 milhões, dinheiro suficiente para pagar o salário de Anderson por quatro meses.

Sugismundo Freud. Não confie na sorte… a vitória nasce da luta.

Ética contaminada. Nada contra, ao contrário. Mas não deixa de ser quiçá interessante: nomeado para integrar o comitê de ética da Conmebol, Carlos Eugênio Lopes preencheu boa parte das páginas do relatório paralelo da CPI do Futebol, elaborado pelos senadores Romário (PSB/RJ) e Randolfe Rodrigues (Rede/AP). Nas últimas linhas, um pedido de indiciamento do advogado. Que, segundo Pedro Carvalho, de ‘Veja’, negou a petição que pedia uma investigação interna no Circo Brasileiro de Futebol.

Caiu na rede. Torcida vascaína esperava ganhar um iPhone no Natal, mas recebeu uma ficha de orelhão como reforço: o meia argentino Escudero.

Patolino na geral. Gente fina é outra coisa: o soberano São Paulo preparou um vídeo em inglês para se apresentar como participante da Florida Cup, pré-temporada nos EUA. O Tricolor mostra a história do clube, a força da torcida e a infraestrutura, com destaque para os CT e o estádio do Morumbi.

Gilete press. De Luiz Fernando Gomes, no ‘Lance’: “Fabio Carille já assume o Corinthians fritado pela diretoria. É a pior forma de alguém começar um trabalho. Seu nome sempre foi descartado pela cartolagem. Seja quando contrataram Osvaldo de Oliveira para o seu lugar – sem considerar que o time melhorou sob seu comando interino -, seja quando procuraram Rueda, Guto e sabe-se lá quem mais para dirigir o Timão em 2017. O Corinthians chegou a um ponto que não se pode acreditar mais no que falam seus dirigentes. A verdade de hoje é a mentira de amanhã. Não existe uma conduta lógica na gestão, faltam princípios. Planejamento, então, nem se fala… E quem paga o pato por isso é quem quer trabalhar a sério.” Casa do Pinóquio.

Tititi d’Aline. O senador pitbull Romário anda às turras com a prefeitura do Rio. Motivo: embargou a reforma da casa do ex-jogador em um condomínio da Barra. A choupana pertencia ao ex-atacante Edmundo. Romário decidiu fazer a obra sem autorização e deixou a vizinhança na bronca.

Você sabia que… cada jogador do Real Madrid embolsou 1,1 milhão de euros (R$ 3,8 milhões) em prêmio, livre de impostos, com a conquista da Champions (700 mil euros), Supercopa da Europa (110 mil) e Mundial de clubes (150 mil), além da vitória sobre o Barcelona no Camp Nou (150 mil), em abril?

Bola de ouro. Lucas Bebê. Aos 24 anos, o brasileiro vai conquistando seu espaço na NBA, com as médias de 18,7 minutos, 4,9 pontos, 4,7 rebotes e 1,8 toco por partida a serviço do Toronto Raptos.

Bola de latão. Claudio Bravo. Contratado por 20 milhões de euros, o ex-goleiro do Barça já está sendo apontado como um dos piores negócios do Manchester City. Um colecionador de frangos.

Bola de lixo. Tênis. O doping pode ter rolado em vários torneios deste ano. De acordo com o jornal ‘The Times’, várias competições da ATP não realizaram os testes. E não foi por falta de dinheiro. A federação internacional destina R$ 13 milhões por ano para combater os espertalhões.

Bola sete. “É um prêmio ao trabalho e ao sacrifício. Sou do interior e vim buscar meu sonho. O resultado está aparecendo. É difícil acreditar em tudo de bom que tem me acontecido” (do lateral-esquerdo Trauco, eleito o melhor jogador do Campeonato Peruano e novo reforço do Flamengo – te cuida, Jorge!).

Dúvida pertinente. O torcedor corintiano já está se preparando para viver grandes emoções na parte de baixa da tabela?

O que você achou? jr.malia@bol.com.br

Merry Christmas: uma viagem com Papai Noel ao mundo encantado da bola furada

Resultado de imagem para papai noel piadas
Não está fácil nem para o Bom Velhinho!

Mesmo com o saco cheio e o trenó apreendido numa blitz por falta de documentação, mais uma greve de renas, Papai Noel promete fazer das tripas sem coração um esforço hercúleo para distribuir alguns mimos a clubes do esporte bretão nacional, a maioria de pires na mão, sem condições até de participar de amigo secreto a R$ 1,99.

Em uma noite fria no deserto de Saara, o Bom Velhinho selecionou cartinhas de cartolas e/ou torcedores da pátria das chuteiras furadas.

Com o sorriso amarelo de quem está cansado de dar ‘boa noite, Cinderela’ a times incompetentes, mais uma vez ele garantiu que irá depositar um presentinho na meia remendada, ao lado da lareira enferrujada e da árvore de Natal repleta de neve de isopor e de bolinhas de gude.

Ao vapt-vupt de Uber do querido Papai Noel pelas gloriosas agremiações desportivas deste Brasil varonil, todas aquinhoadas com uma querida lembrancinha:

1) Leitão a pururuca no salão de festas da mansão Allianz Parque para ser degustado por Paulo Nobre e Leila Pereira: quem comer mais não será negativado na corrida pelo trono palmeirense após a gestão de Maurício Galiotte; de quebra, um aparelho de fax novo;

2) Bússola chinesa ao Corinthians para tentar reencontrar o caminho perdido ao longo de administrações nefastas, além de picareta, pá, cimento, tijolo e areia para evitar que o Itaquerão, minha casa minha vida se transforme no Coliseu da zona leste;

3) Carta de crédito ao Peixe para construir um estádio mais moderno, digno de receber a invejável média de cinco mil testemunhas por jogo, deixando o aquário da Vila Belmiro para mergulhos de baleias, leões-marinhos, focas e sardinhas em lata;

4) Carnê do Baú da Felicidade ao São Paulo: depois de quitar oitocentas prestações, poderá sonhar novamente com a recuperação da soberba que lhe outorgou o pomposo título de soberano da Vila Sônia; luvas de boxe para as reuniões do Conselho Deliberativo;

5) Novo perfume ao Rubro-negro, mais eficiente e que não evapore como o ‘cheirinho de hepta’, produzido numa destilaria do Paraguai e que só serviu para aumentar o sucesso do ‘Enem’ na sala de aula do ninho do Urubu: nem Carioquinha, nem Primeira Liga, nem Sul-americana, nem Copa do Brasil, nem Brasileirão;

6) Golfinhos ao pessoal do Coelho e Cobra Coral para aprimorar o sobe e desce na gangorra do ludopédio; ao Botafogo carioca, uma réplica da Copa do Brasil, com a obrigação de dividi-la com o Tricolor paulista;

7) Regulamento exclusivo do Brasileirão ao Fluminense: único clube que, a partir de 2017, está livre do rebaixamento para a Série B e, assim, poderá fechar as portas do sempre atuante departamento jurídico;

8) Empréstimo do motorista do Vasco ao Saci colorado para a disputa da segunda divisão do Brasileiro – ninguém conhece tanto as estradas da vida no caldeirão do diabo; também ganhará um DVD mais atualizado;

9) Pai de santo que não brinca em serviço ao Bahêa e Vitória; à Raposa, uma cópia de título mundial de clubes, e ao Galo, a recuperação das imagens do caneco do Brasileirão de 1971;

10) Passagem de primeira classe ao imperador ostentação Del Nero para visitar o amigo de fé e irmão camarada Zé da Medalha em Nova York, com direito a saborear babercue e cookies na sede do FBI;

11) Kit para corintianos e são-paulinos acompanharem a Libertadores: TV analógica, poltrona, micro-ondas de segunda mão, pipoca e tubaína.

12) Feliz Natal… ho ho ho

Resultado de imagem para desenhos e charges papai noel                                            

                                                       ###############

Sugismundo Freud. Um homem sábio toma suas próprias decisões; um homem ignorante segue a opinião pública.

Pique no lugar. Demitido em 2010, o preparador físico Walmir Cruz está de volta ao Corinthians. Nas primeiras entrevistas, ele informou que entre 70% e 80% dos atletas permanecerão no clube e prometeu colocar o pessoal correndo em campo mais que notícia ruim. Cruz participou da campanha do time campeão paulista e da Copa do Brasil na época do fofo Ronaldo.

Zé Corneta. Sorteio da Libertadores: Corinthians e soberano São Paulo caem no grupo… do controle remoto.

Investimento verde. Os conselheiros do Palmeiras ficaram sabendo numa das reuniões quanto o clube gastou com os três primeiros reforços para a próxima temporada: Raphael Veiga – R$ 5,3 milhões; Keno – R$ 2,7 milhões; Hyoran – R$ 7,4 milhões. Os periquitos em revista possuem 65% dos direitos de Raphael Veiga, 60% de Keno e 50% de Hyoran, a grande aposta do campeão brasileiro para 2017. A quarta contratação está praticamente acertada: o meia Alejandro Guerra, do Atlético Nacional.

Pitaco do Chucky. Não há como negar: a barra de alguns cartolas do Saci colorado está mais suja que chão de oficina mecânica.

51 a 0. Acostumado a marcar muitos gols quando comandava o ataque do Grêmio, o ex-jogador Jardel sofreu uma goleada acachapante na Assembleia gaúcha: teve o mandato de deputado (PSD) cassado por… 51 votos a 0. O processo durou um ano. A Operação Gol Contra apurou o envolvimento de Jardel com drogas, a cobrança de parte dos salários dos servidores para uso pessoal e a utilização da estrutura pública para questões particulares. O ex-atacante não compareceu a sessão e os advogados de defesa não se manifestaram. Nos últimos meses, Jardel acumulou atestados médicos para dar o cano na Assembleia e empurrar com a barriga o problema.

Caiu na rede. Corinthians anuncia novo-velho treinador… é do Carille!

Patolino na geral. Volante Hudson na Raposa, atacante Neilton no soberano Tricolor: quem se reforçou?

Gilete press. De Igor Siqueira, no ‘Lance’: “Os principais clubes do país têm recebido desde a última semana um ‘agradinho’ da Chevrolet, fruto da parceria da empresa com a CBF. Cada um tem direito a um Camaro amarelo para ser usado a serviço das agremiações. O Botafogo, por exemplo, ganhou o dele nesta segunda. O Grêmio, que já tinha um Cruze, ganhou o Camaro semana passada. Outros vão chegar nos próximos dias. Apesar de não negar o presente, teve clube tentando trocar por outro modelo, digamos, menos chamativo. As Federações estaduais também estão trocando de carro. O acordo é atualizar o modelo Cruze que as entidades têm a disposição. Para elas, a rotatividade é a cada dois anos.” Que dureza!

Zapping. Os programas esportivos da TV fechada se transformaram numa competição de stand-up com raríssima inteligência.

Tititi d’Aline. O amor é lindo: o craque Neymar e a princesa Bruna Marquezine estão se conhecendo melhor novamente. Eles roubaram a festa de aniversário do surfista Gabriel Medina, em Maresias. Ele pintou de Batman e ela de Mulher-Gato. O casal estava separado havia quase dois anos. A reconciliação começou para valer num abraço após a conquista da medalha de ouro olímpica. Em Buenos Aires, o auê envolve o casamento de Tevez e Vanesa. A festa terá quatro dias de duração, em Buenos Aires e Uruguaia de Carmelo, no Rio da Prata. A mídia argentina informou que o atacante gastará mais de R$ 1,5 milhão. Tevez e Vanesa namoram desde 2007 e têm três filhos: Florencia (9 anos), Katie (6) e Lito Jr (2).

Você sabia que… o Flamengo prevê uma receita de R$ 440 milhões na próxima temporada?

Bola de ouro. Amaury Pasos, Marquinhos e Kanela. Os três foram indicados para o hall da fama do basquete em 2007. Amaury e o técnico Kanela fizeram história com a geração bicampeã mundial. Marquinhos jogou na época de Oscar, o ‘Mão Santa’, incluído no hall em 2013. Também já foram laureados Ubiratan (2010) e Hortência (2005). O resultado será conhecido em abril.

Bola de latão. Conmebol. A dona da gorduchinha na América do Sul inventou um ranking em que o Peixe aparece apenas na 22ª colocação, apesar dos canecos que levantou. Está atrás, acredite!, de Barcelona de Guayaquil, Universitário, Bolívar, Sporting Cristal, América de Cali, Cerro Porteño, Universidad Católica, Deportivo Cali, e outros esquadrões.

Bola de lixo. Inter de Milão. É muita sacanagem o que está fazendo com Gabigol. O atacante brasileiro só entra na bacia das almas. Nesse ritmo, o ex-santista certamente completará fantásticos 45 minutos em campo ao final do Campeonato Italiano.

Bola sete. “Fico feliz pelo entusiasmo do Gabriel quando entra, mas eu gostaria de vê-lo fazendo jogadas mais úteis e não apenas espetaculares pela ânsia de ser espetacular. Se ele vai permanecer? Nós estamos avaliando a situação. Nosso primeiro objetivo em janeiro é enxugar o elenco, porque só queremos jogadores que estejam felizes em jogar por um grande clube como a Inter” (do ‘professor’ Stefano Pioli, sobre o brasileiro, que tentou um passe de letra na vitória sobre a Lazio – italiano mala).

Dúvida pertinente. Paulo Nobre dinamitou o sonho político de Leila Pereira no ninho dos periquitos em revista?

O que você achou? jr.malia@bol.com.br

Leila Pereira, dona da Crefisa, uma senhora tempestade no ninho dos periquitos em revista

Resultado de imagem para fotos de leila pereira crefisa
Paulo Nobre e a empresária Leila Pereira: ‘fratellos’ só até a página 2

É extraordinário, fantástico, singular, ridículo e outros adjetivos mais. Mesmo após conquistar o Brasileirão, depois de 22 anos na fila do gargarejo, e confirmar os primeiros reforços para a próxima temporada (o atacante Keno e os meias Raphael Veiga e Hyoran), o Palmeiras consegue viver momentos de turbulência nos bastidores.

Lembra os velhos e gloriosos tempos do Palestra Itália, da turma do amendoim, da pipoca doce queimada e dos rebaixamentos em 2002 e 2012. O novo presidente, Maurício Galiotte, ainda se ajeita no trono, mas já encara a primeira crise.

De um lado, o ex-mandachuva e raios Paulo Nobre, o mecenas que tirou o Palmeiras do buraco, devolveu-lhe o respeito que havia perdido ao longo dos anos. De outro, o cardeal Mustafá Contursi, que comandou o clube entre 1993 e 2005 sem deixar saudade, e a empresária Leila Pereira, dona da Crefisa, patrocinadora dos periquitos em revista.

Com o apoio dos anjinhos da Mancha organizados pelo diabo, Leila Pereira quer porque quer uma cadeira no Conselho Deliberativo a fim de começar a caminhada rumo à presidência do Alviverde.

Horas antes de deixar o cargo, Nobre impugnou a candidatura da empresária ao CD nas eleições de fevereiro por ter se associado apenas em 2015 – de acordo com o estatuto, são necessários três anos para poder votar e oito para se candidatar. Resultado: estourou o bafafá na casa do Nono.

Contursi ficou uma fera com Nobre. Subiu nas tamancas e dançou a tarantela. Garantiu ter assinado o título de sócia-benemérita da empresária em 1996. Há, porém, um pequeno obstáculo, não mais que um quilômetro entre o pulo do gato e a realidade: não existe nenhuma prova.

Ao saber do veto de Nobre, a empresária soltou os cachorros. ”Ele [Paulo Nobre] é um covarde, lancei minha candidatura há cinco meses e ele nunca falou nada. O que ele está tentando fazer é desestabilizar o ótimo relacionamento que nós da Crefisa temos com Maurício [Galiote]. Somos os maiores beneméritos da história do Palmeiras. Tem muita coisa que fizemos que estão fora dos R$ 78 milhões anuais do patrocínio, como reformas no CT e sala de imprensa. No total, o valor chega a R$ 100 milhões”, afirmou Leila Pinheiro ao blogueiro Eduardo Ohata, do ‘Uol’.

Estaria tudo muito bom, tudo muito bem, se a empresária não tivesse afirmado, um ano atrás, ao ‘Diário de S.Paulo’, que havia acabado de se tornar sócia do Palmeiras e não poderia ser candidata à presidência neste ano. Cometeu um pequeno lapso: também não teria condições de brigar por uma vaga no CD.

Entre mortos e feridos, os coirmãos corintianos, santistas e são-paulinos proclamam aos quatro ventos: Avanti Palmeiras! Já San Gennaro pergunta: Paulo Nobre ou Leila Pinheiro, quem merece o trono?

                                                        ###############

Pitaco do Chucky. Os balanços que vão pintar por aí mostrarão muitos times mais quebrados que arroz de terceira.

Boca de urna. Os bastidores do soberano São Paulo continuam fervendo. Ataíde Gil Guerreiro entregou o cargo de diretor de relações internacionais. Alegou problemas políticos: não atrapalhar a tentativa de reeleição do presidente CA de Barros e Silva, em abril de 2017. A oposição, liderada pelo ex-vice e candidato Roberto Natel, não aceitava a presença de Guerreiro na diretoria após ter sido expulso do Conselho Deliberativo por agredir o então mandachuva e raios CM Aidar (propôs repartir a comissão de transferência de um atleta). O grande cabo eleitoral de Barros e Silva é Rogério Ceni, contratado para comandar o time no próximo ano.

Zé Corneta. As mesas quadradas da TV fechada andam mais chatas que cabeça de prego.

E a conta? Se tudo correr como muita gente quer (e reza), a Autoridade Pública Olímpica se despedirá do bolso amigo dos brasileiros sem fechar a conta, ou seja, divulgar quanto custou para valer a Rio-16. A APO colocará o cadeado na porta em 31 de março, informou Luiza Trajano, presidente do Conselho Público Olímpico. Muitos funcionários da APO já se encontram na fila do desemprego. O pódio é deles, a conta é nossa.

Sugismundo Freud. Pé de galinha não mata pintinho.

Gilete press. De Cléo Guimarães, no ‘Globo’: “Historinha de amor: ex-campeão do UFC, o lutador Rodrigo Minotauro era um dos convidados de um jantar em Ibiza e, ao final da noite, pediu para cumprimentar a cozinheira. Apareceu na sala a chef-musa Heaven Delhaye . Tóin! Minotauro se encantou. Heaven fez jogo duro, mas depois de um mês, relaxou e topou. Saíram, se curtiram, e estão juntos e felizes desde então. Fim.” Mata-leão.

Caiu na rede. O planejamento do Corinthians está mais atrasado que relógio sem bateria.

Gilete press 2. Deu no ‘Extra’: “Não foi só Carol Celico que fez a fila andar. Seu ex-marido, o jogador Kaká, também já está em outra. Quem entregou a novidade foi a prima do atleta, Talita Bittencourt, que confirmou os rumores de que Carolina Dias é a nova namorada do jogador. Carol namora o empresário Eduardo Scarpa, sobrinho de Chiquinho Scarpa. Os rumores de que Kaká estaria com a modelo começaram há algum tempo.” Okay, okay!

Nova namorada de Kaká é modelo
A modelo Carolina Dias, a nova namorada de Kaká

Patolino na geral. E o atacante Gabiru, quem diria!, acabou no Taboão da Serra. Aos 39 anos, o herói do título mundial do Saci Colorado em 2006 disputará a Série A3 do Paulistinha. Ele será apresentado depois do Natal numa padaria da cidade.

Dona Fifi. Felipe Massa, aquele que foi sem nunca ter sido?

Tititi d’Aline. ‘Meu nome é Enea’, livro de Mauro Beting e Bruno Elias, é um prato cheio para a família palmeirense. Mostra a saga de um torcedor palestrino na conquista do eneacampeonato brasileiro. Traz também os bastidores da conquista e declarações exclusivas. Tem ainda um capítulo especial dedicado à Chape. “É um diário de torcedor-jornalista, com espírito de porco e alma de periquito. O livro é oficial do clube. Mas não é chapa-branca. É alviverde”, garante Beting. Um belo presente de Natal.

Você sabia que… o meia Ganso marcou o primeiro gol pelo Sevilla, depois de 10 jogos com a camisa do time espanhol, na vitória (9 a 1) sobre o Formentera, da quarta divisão, pela Copa do Rei?

Bola de ouro. Formiga. Aos 38 anos, a jogadora pendurou as chuteiras. Símbolo do futebol feminino, ela participou de seis Copas do Mundo e seis Jogos Olímpicos. Disputou 151 jogos pela seleção brasileira. Números que, infelizmente, não ganharam o devido respeito da cartolagem e da mídia. Formiga merecia uma grande festa por tudo que fez. #ValeuFormiga

Bola de latão. Argel Fucks. Se não tem tu, vai tu mesmo: Vitória renova contrato do ‘professor’ até dezembro de 2017, após tentar, sem sucesso, a contratação de outros treinadores, entre os quais Vanderlei Luxemburgo.

Bola de lixo. AFA. A gloriosa associação argentina vem dando calote nos clubes. Pegou a grana dos direitos de TV e só libera alguns trocados aos times. Em maio, junho e julho, simplesmente não repassou um centavo.

Bola sete. “As torcidas organizadas não têm crédito nenhum para querer paz no futebol. Falar até papagaio fala. Eu quero ver atitude” (do promotor Paulo Castilho, sobre a promessa dos anjinhos organizados pelo diabo após a tragédia envolvendo a Chape – é ver pra crer).

Dúvida pertinente. Já não passou a hora de a mídia deixar em paz os sobreviventes da tragédia da Chapecoense?

O que você achou? jr.malia@bol.com.br

Happy birthday: Galo comemora 45 anos na fila do gargarejo do Brasileirão

Resultado de imagem para charges do atletico mineiroA torcida da Raposa está em festa: há 45 anos, o Galo conquistou o único título brasileiro. Em 19 de dezembro de 1971, o time comandado por mestre Telê Santana derrotou o Botafogo por 1 a 0, gol de Dadá Maravilha, aos 16 minutos do segundo tempo, e fez a festa no Maraca (46.458 pagantes).

Campeão com 12 vitórias, 10 empates e cinco derrotas, 39 gols a favor e 22 contra. O time: Renato, Humberto Monteiro, Grapete, Vantuir e Odair; Vanderlei e Humberto Ramos; Ronaldo, Lola, Dadá e Tião. Também participaram da campanha Cincunegui, Spencer, Romeu e Beto.

Daí em diante, o Galo passou muito perto da glória: cinco vezes vice e sete como terceiro colocado. Neste ano, o clube apostou uma nota alta em reforços, mas o time voltou a fracassar e fechou o campeonato em quarto lugar, com 62 pontos, apenas 18 atrás do campeão Palmeiras.

Também colecionou fracassos na Primeira Liga, no Mineirinho, na Libertadores e na Copa do Brasil. Um penta de decepções, apesar de contar com Robinho, Fred ‘Slater’, Lucas Pratto, Luan & Cia.

O Galo lidera a lista de jejum do Nacional, com o grito de campeão entalado na garganta há mais de quatro décadas. A fila de espera, a partir do Brasileirão de 1971:

45 anos – Galo
37 anos – Saci colorado
21 anos – Botafogo
20 anos – Grêmio
16 anos – Vasco
12 anos – Peixe
8 anos – São Paulo
7 anos – Flamengo
4 anos – Fluminense
2 anos – Raposa
1 ano – Corinthians

Por falar em jejum… Na Copa do Brasil, o Galo acumula apenas dois anos de espera. O ranking é comandado pelo Saci colorado. O Grêmio saiu do sufoco depois de 15 anos. Botafogo e soberano São Paulo nunca conquistaram o caneco.

24 anos – Saci colorado
13 anos – Raposa
9 anos – Fluminense
7 anos – Corinthians
6 anos – Peixe
5 anos – Vasco
3 anos – Flamengo
2 anos – Galo
1 ano – Palmeiras

                                               ###############

Sugismundo Freud. Quem tem rabo de palha não pula fogueira.

Sala de aula. Novo ‘professor’ do Palmeiras, Eduardo Baptista concluiu o curso Licença A do Circo Brasileiro de Futebol na Granja Comary, em Teresópolis. O diploma qualifica o profissional que já trabalha ou deseja atuar em equipes. Dá direito, inclusive, de comandar times fora do país. A carga horária é de 270 horas. As aulas envolvem preparação física, fisiologia, legislação esportiva, medicina do esporte, treinamento de campo, psicologia, avaliação sistêmica, gestão de equipes, análise de desempenho e montagem de elenco. Alguns colegas de curso de Eduardo Baptista: Roger, Adilson Batista, Vagner Mancini e Taffarel. O ‘pofexô’ Vanderlei Luxemburgo e Renato ‘Pentaluppi’ não passaram nem perto da Granja.

Pitaco do Chucky. Festa de Carol Portaluppi, após o título da Copa do Brasil, custará R$ 50 mil ao Grêmio. Papai Renato Gaúcho poderia bancar o auê com o bicho da conquista.

Jejum. Neymar vive seca de gols: nove jogos sem balançar a rede. É o maior jejum com a camisa do Barcelona. A última vez que marcou foi em 19 de outubro, na goleada sobre o Manchester City por 4 a 0, pela Champions. Depois desse jogo, entrou em campo sete vezes pelo Campeonato Espanhol e duas pela Champions. Em 2009, chegou a ficar 14 partidas sem correr para o abraço no Peixe. Nesta temporada, Neymar assinalou seis gols.

Zé Corneta. Corinthians pode ganhar o primeiro grande reforço nas próximas horas: Boca Juniors está interessado no zagueiro paraguaio Balbuena

Zapping. A vitória do Real Madrid sobre o Kashima Antlers rendeu 12 pontos ao ibope da plim-plim na grande Pauliceia dominada pela bandidagem, com 39% de share (TVs ligadas). Houve um aumento de dois pontos em relação à média do horário nos quatro domingos anteriores.

Patolino na geral. O futebol está mesmo de cabeça para baixo: Flamengo, Peixe e chineses brigam por Marinho, do Vitória. Multa é de R$ 17 milhões.

Gilete press. Do pequeno grande Tostão, na ‘Folha’: “Se havia uma ilusão de que o árbitro de vídeo tiraria todas as dúvidas e que evitaria erros decisivos dos árbitros, ela acabou nos dois jogos [do Mundial]. Nos anos 1960, quando o videoteipe começou a ser usado, Nelson Rodrigues dizia, com ironia, que o vídeo era burro. Se estivesse vivo, falaria hoje a mesma coisa. O árbitro de vídeo não vê tudo. Ele também erra.” No alvo.

Caiu na rede (by ‘Olé do Brasil’). Palmeiras lamenta ausência do Corinthians na Libertadores: ‘Não teremos moleza’.

Tititi d’Aline. O competente jornalista Lúcio de Castro também mergulha nas redes sociais. Ele lança nesta terça um site de reportagens investigativas. O www.agenciasportlight.com.br estreará com ‘Dossiê: judô’. A cartolagem do tatame e de outros esportes treme na base. Lúcio de Castro é craque em denunciar as falcatruas que dominam os bastidores do esporte. Não deixa pedra sobre pedra.

Você sabia que… o campeão da Copa do Brasil poderá faturar R$ 68 milhões a partir de 2018, graças à renovação de contrato entre o Circo Brasileiro de Futebol e a Globo, que bancará mais de R$ 300 milhões pelos direitos do torneio?

Bola de ouro. Botafogo. Garantiu Jair Ventura mais dois anos na casamata. O ‘professor’ chegou a figurar nos planos do Corinthians para substituir Oswaldo de Oliveira.

Bola de latão. São Paulo. Sem um tostão no caixa, o soberano vai ter de vender o bom zagueiro Rodrigo Caio para pagar as contas. Sentindo a barra pesada, Marco Aurélio Cunha já anunciou que abandonará o barco e voltará a trabalhar no Circo Brasileiro de Futebol.

Bola de lixo. Rafael Ruelas. O ex-presidente de Honduras e da federação do país foi banido do futebol pela comissão de ética da mamãe Fifa por envolvimento no escândalo de corrupção que tomou conta do esporte. Alô Del Nero, pode esperar, o ‘Fifagate’ também vai te pegar…

Bola sete. “Ricardo Teixeira usa até seis números diferentes para falar com aliados. Com medo de grampos, o ex-presidente da CBF está sempre trocando de celular. Até o amigão e sucessor Marco Polo Del Nero tem dificuldade em achá-lo” (de Pedro Carvalho, em ‘Veja’ – ô coitado!).

Dúvida pertinente. Colombiano Reinaldo Rueda, ‘professor’ do Atlético Nacional, uma boa solução para o Corinthians?

O que você achou? jr.malia@bol.com.br