Flamengo de Jesus dá aula e ‘mata’ imortal gaúcho. Uma noite inesquecível no ‘new Maraca’

Gabigol comemora com Arascaeta e Bruno Henrique um de seus dois gols sobre o Grêmio Foto: Marcelo Regua / Marcelo Regua
Trem da alegria: Gabigol, Arrascaeta e Bruno Henrique

O esperto Renato Gaúcho bem que tentou se apegar aos mínimos detalhes para impulsionar o Grêmio a uma inesquecível epopeia no ‘new Maraca’ (69.981 torcedores/R$ 8.150.645), contra o Flamengo, pelas semifinais da Libertadores. Certamente não deixou passar em branco, por exemplo, o fracasso do Brasil na Copa de 50, contra um desacreditado Uruguai. Também deve ter lembrado que o time estava sendo tratado como coadjuvante e merecia mais respeito da mídia.

Renato Gaúcho se esqueceu, porém, que o brilho no bico da chuteira sempre fala mais alto. E prevaleceu a máquina rubro-negra, muito bem azeitada por Jesus. O Flamengo simplesmente estraçalhou o Grêmio: 5 a 0.

‘Matou’ o imortal com uma atuação de gala. Inesquecível. Um baile de competência: 5 a 0. Que venha o River Plate, 23 de novembro, em Santiago do Chile! Trinta e oito anos depois, o Flamengo está de volta à decisão da Libertadores. E como ‘favoritaço’!

O Grêmio até que chegou a dar trabalho no primeiro tempo, quando adotou a chamada marcação alta, além de explorar as investidas de Everton Cebolinha pelo setor de Rafinha, o ‘Máskara’. Perdeu ótima chance com Maicon.

Aos poucos, o Flamengo de Jesus foi engolindo o Tricolor de Renato Gaúcho. Aos 41, Bruno Henrique, um terror em campo, aproveitou rebote do goleiro Paulo Victor em chute de Gabigol e abriu o placar – 25º gol do atacante em 50 jogos. Números da etapa inicial: posse de bola – Flamengo 63% x 37% Grêmio; finalizações – 9 x 2; faltas – 6 x 11; passes certos – 202 x 60.

O Flamengo voltou do vestiário em ritmo de Formula 1, avassalador. E humilhou o ‘Fusquinha’ de Renato Gaúcho. Em apenas 25 minutos, aniquilou o time gaúcho. Gabigol marcou logo no primeiro minuto. Aos 10, de pênalti, fez o terceiro. Pablo Marí, aos 21, e Rodrigo Caio, aos 25, completaram o espetáculo de gala. Lembraram Brasil 1 x 7 Alemanha.

A equipe rubro-negra enlouqueceu a torcida e mostrou que pode, perfeitamente, conquistar a tríplice coroa: Carioquinha, Brasileirão e Libertadores. Barba, cabelo e bigode! Lembrou Alemanha 7 x 1 Brasil!

XXXXXXXXXXXXXXX

O show na mídia. “Flamengo impiedoso e espetacular. Uma noite histórica no Maracanã. Que jogão será contra o River Plate. Como é bom ver o Flamengo jogar!” (de Juca Kfouri, no Uol); “Foi um primeiro tempo apertado, justo. E no segundo, o Flamengo amassou o Grêmio” (de Galvão Bueno, na plim plim); “Impecável, Flamengo dá aula e maior goleada em semifinais em 30 anos” (de PVC, no Uol); “Que seja uma virada na forma de jogar, de encarar o futebol, o desejo pela vitória. Que isso acabe de vez com o domínio de técnicos covardes e retranqueiros que montam equipes apenas preocupados em não perder” (de Mauro Cezar Pereira, na ESPN Brasil); “É um Flashmengo, River” (do Olé, jornal argentino).

Gabigol comemora um de seus dois gols nos 5 a 0 do Flamengo sobre o Grêmio Foto: Guito Moreto / Guito Moreto
Hoje tem gol do Gabigol, sim senhor

Pitaco do Chucky. Santo gás: Eduardo’s Hambúrguer queimou na chapa.

Esperança verde. Palmeirenses ainda acreditam no bicampeonato e, mais do que nunca, no genial Nelson Rodrigues: toda unanimidade é burra. Apenas 10 pontos separam o Palestra do líder Flamengo, faltando 11 rodadas. O Urubu voa com 97% de possibilidades de levantar o caneco, contra 3% do Palmeiras e 1% do Peixe.

Zé Corneta. Palmeiras do ‘fratello’ Menezes, clone do time do ‘sargento’ Felipão, apenas menos antipático com a mídia.

Messi recordista. Mais uma façanha do hermano: na vitória do Barcelona por 2 a 1 sobre o Slavia Praga, pelo grupo F, entrou para a história como primeiro jogador a marcar em 15 torneios seguidos, desde 2005/06. Messi abriu o placar. Boril empatou, e Olayinka, contra, garantiu os três pontos ao Barça. Em outro jogo da chave, Inter 2 x 0 Borussia. Demais duelos: grupo E – RB Salzburg 2 x 3 Napoli e Genk 1 x 4 Liverpool; G – RB Leipzig 2 x 1 Zenit e Benfica 2 x 1 Lyon; H – Ajax 0 x 1 Chelsea e Lille 1 x 1 Valencia.

Sugismundo Freud. Acorde arrependido, mas nunca durma com vontade.

Farsa na TV. Os jornalistas Benjamin Back e Fábio Sormani confirmaram, com deboche, que o quiproquó no Fox Rádio Sports foi uma tremenda armação – Sormani deixou o programa por ‘desavenças’ com Benjamin. Ou seja, vale tudo por um pingo de audiência, até perder a credibilidade.

Caiu na rede. Feliz ano novo, Grêmio!

Bronze no peito. Depois de 11 anos, Bruno Barros, José Carlos Moreira, Sandro Viana e Vicente Lenilson ‘subirão no pódio’ para receber a medalha pelo terceiro lugar no revezamento 4x100m da Olimpíada de Pequim, em 2008. O quarteto chegou na quarta posição, mas um corredor da Jamaica correu dopado, segundo apurado em 2016, e o time perdeu o ouro.

Gilete press. De Paulo Cezar Caju, no Globo: “O universo exige menos cursos da CBF e mais lambretas, como a do menino Talles Magno, e mais dribles, como os do ensaboado Michael, do Goiás. Enfim, os astrólogos me confidenciaram que as posições do sol e da lua influenciarão diretamente na retomada de nosso futebol e que é chegada a hora da tão sonhada substituição ser anunciada nos alto-falantes do Maraca: a Suderj informa, saem os gladiadores e entram os bailarinos.” Bingo!

Tititi d’Aline. A torcida palmeirense pode tirar o cavalinho da chuva. Dificilmente vai cruzar com o ídolo Dudu em padoca ou restaurante depois das 21 horas. O craque é vidrado na novela ‘A Dona do Pedaço’. Prefere, às vezes, ver a trama global do que um jogo. E se liga nos bolos de Maria da Paz: “Você vai na padaria e vem ‘mó’ pedacinho. Lá é ‘mó’ pedação. Se o pessoal da novela quiser convidar para comer um bolo, vou aceitar.” Guloso.

Você sabia que… o soberano Tricolor é o único, após 27 rodadas, que conseguiu tirar pontos do líder Flamengo nos dois turnos do Brasileirão, com empates em 1 a 1 e 0 a 0?

Bola de ouro. Pelé. Quem foi rei nunca perde a majestade. Quem viu, viu; que não viu, só pode mesmo abrir a boca para cometer uma devastadora heresia e compará-lo a Maradona, Messi ou Cristiano Ronaldo. Vida longa ao rei, 79 anos! O Peixe vai homenageá-lo com o bordado de uma coroa sobre o escudo do clube na camisa 10, hoje com baixinho Soteldo. O símbolo será usado até o final do Brasileirão.

Bola de latão. Palmeiras. Deve terminar o ano com R$ 20 milhões a menos de bilheteria em relação a 2018, quando faturou R$ 79,5 milhões em 37 jogos como mandante – 31 na mansão Allianz e seis no Pacaembu. A média de público foi de 32 mil torcedores por embate. Em 2019, o Palestra já embolsou R$ 47,6 milhões. Ainda tem mais seis partidas em casa.

Bola de lixo. Polícia. Os cambistas agiram livremente antes da decisão Flamengo x Grêmio. Uma das passarelas que levavam a galera até o portão do estádio transformou-se num balcão de negócios. Com uma boa pechincha, o preço do ingresso caía de R$ 700 para R$ 350. Valor oficial: R$ 70. Tudo sob o beneplácito da polícia.

Bola sete. “(O Mister) chegou e entendeu o que é ser Flamengo. Ele é muito dedicado em tudo que faz. Mesmo ganhando de cinco sempre pede para jogar e desfrutar em campo. Fala sempre isso. Que temos que ter alegria, prazer de jogar futebol diante de uma torcida apaixonada e um clube tão grande. É isso que sempre fala para gente” (do atacante Bruno Henrique, sobre o ótimo trabalho de Jesus – simples e eficaz).

Dúvida pertinente. O River Plate é páreo para o Flamengo?

O que você achou? jr.malia@bol.com.br

Um comentário sobre “Flamengo de Jesus dá aula e ‘mata’ imortal gaúcho. Uma noite inesquecível no ‘new Maraca’”

  1. Malia, que o Dudu é um ignorante que adora novela não duvido, apesar que é mais provável que fale na globo apenas para angariar simpatias da dona do futebol no país, mas você divulgar isso….Pára!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s