Furacão varre Saci colorado e solta o grito de campeão; Corinthians dá vexame no Itaquerão

Furacão, primeiro caneco da Copa do Brasil

Depois de conquistar a Sul-americana no ano passado, além de ser vice da Libertadores e da Copa do Brasil tempos atrás, o Furacão passou o rodo no Saci colorado e deu a volta olímpica pela primeira vez na Copa do Brasil. Não deu bola para a pressão da torcida no Beira-Rio (50.355 espectadores/R$ 2.742.150) e ganhou por 2 a 1.

A equipe poderia até empatar, já que havia derrotado os gaúchos por 1 a 0, mas abriu o peito e foi para cima do coirmão. Com o inédito caneco, o Furacão crava seu nome como uma das forças do ludopédio nacional, produto de competência dentro e fora de campo.

Leo Citadini abriu o placar aos 23 do primeiro tempo. Nico López empatou sete minutos depois. Rony, na bacia das almas, marcou o segundo após jogada espetacular de Marcelo Cirino – recebeu na ponta esquerda, aplicou um drible de letra entre as pernas de Edenílson, passou por Rodrigo Lindoso e serviu Rony dentro da área. Festa paranaense e lágrimas nas arquibancadas. A torcida do Inter tinha certeza de que a faixa era mamão com açúcar.

O Athletico se tornou o 12º clube a conquistar a Copa do Brasil. É a primeira vez que uma equipe do Paraná leva o título da competição. Além da taça, o Furacão garantiu uma vaga na Libertadores de 2020, na primeira edição da Supercopa do Brasil e um prêmio R$ 52 milhões.

Galeria dos campeões

Raposa: 6 títulos (1993/96/00/03/17/18)
Grêmio: 5 (1989/94/97/01/16)
Corinthians: 3 (1995/02/09)
Palmeiras: 3 (1998/12/15)
Flamengo: 3 (1990/06/13)
Galo: 1 (2014)
Criciúma: 1 (1991)
Fluminense: 1 (2007)
Saci colorado: 1 (1992)
Juventude: 1 (1999)
Paulista: 1 (2005)
Santo André: 1 (2004)
Santos: 1 (2010)
Sport: 1 (2008)
Vasco: 1 (2011)

Pedrinho em ação pelo Corinthians na partida
Pedrinho disputa a bola com um equatoriano

No Itaquerão, minha casa minha vida (37.419 torcedores/R$ 2.264.371), a Fiel viveu uma noite de terror na Copa Sul-americana. O Corinthians levou um baile do Independiente del Valle e perdeu por 2 a 0, no primeiro tiroteio do mata-mata das semifinais. Torres assinalou os dois gols do time equatoriano, que conseguiu o primeiro triunfo fora de casa. A galera chiou barbaridades contra o ‘professor’ Fabio Carille e a apatia de alguns jogadores.

Em nenhum momento o Corinthians chegou a despertar entusiasmo na torcida. O Independiente se mostrou superior desde o início da partida. Com toques rápidos e explorando muito bem as laterais, a equipe equatoriano jantou os corintianos.

Na próxima quarta, na altitude de Quito, o Corinthians precisa devolver os 2 a 0 para decidir a vaga nos pênaltis. Para se classificar direto, tem de vencer por dois gols de vantagem desde que faça três ou mais (3 a 1, 4 a 2…). O Independiente pode perder por um gol de diferença.

XXXXXXXXXXXXXXX

Pitaco do Chucky. Eduardo Bolsonaro, o Kid Morengueira do Planalto

Real na roda. Mesmo sem Neymar (suspenso), Mbappé e Cavani (lesionados), o PSG atropelou o Real Madrid no Parque dos Príncipes, em Paris, pelo grupo A da Champions. O hermano Di Maria (dois) e Meunier garantiram os três pontos na estreia do time francês. O Real finalizou oito vezes e não acertou uma no gol. Navas, ex-Real, não sujou o enxoval. No outro embate da chave, Club Brugge 0 x 0 Galatasaray. Pelo grupo D, depois de abrir dois gols de diferença (Cuadrado e Matuidi), a Juventus permitiu o empate ao Atlético de Madrid (Savic e Herrera). Na outra partida da chave, Leverkusen 1 x 2 Lokomotiv. Demais jogos: grupo B – Olympiacos 2 x 2 Tottenham e Bayern de Munique 3 x 0 Estrela Vermelha; grupo C – Shakhtar 0 x 3 Manchester City e Dínamo 4 x 0 Atalanta.

Zé Corneta. Palmeiras, muito dinheiro e pouca inteligência para contratar.

Real na roda 2. A mídia espanhola desceu o porrete no Real Madrid após a derrota para o Paris Saint-Germain, por 3 a 0, na estreia da Champions. ‘Sem alma’ foi a manchete do jornal As, da capital espanhola. O Sport, de Barcelona, fuzilou: ‘Atropelados’. E o madrilenho Marca colocou a bola de cristal na redação e vaticinou: ‘Assim não se pode ir longe’. O Real foi uma presa fácil para o PSG, desfalcado do ataque titular.

Sugismundo Freud. Um dia a briga pode acabar, mas a luta é eterna.

Esta é minha vida. ‘Nada sobre minha história ficará fora do filme’ – a promessa é do ex-jogador Adriano. O longa sobre a vida do imperador deve estrear no início do próximo ano. O diretor Mauro Mendonça Filho já começou as pesquisas. Ele esteve na Itália com Massimo Moratti, ex-presidente da Inter de Milão. O brasileiro é um dos grandes ídolos do clube. A polêmica história de Adriano também será tema de um documentário.

Caiu na rede (by ‘Olé do Brasil’). Corinthians fecha naming rights e Itaquerão passa a se chamar Serasa Stadium.

Chupeta nova. O hermano Sampaoli, 59 anos, ri à toa: é papai pela terceira vez. Nasceu León, seu filho com a chilena Paula Valenzuela. O treinador do Peixe já tem dois filhos argentinos, Alejandro e Sabrina, do primeiro casamento. E é avô de Benício, 3 anos. O menino se chama León em homenagem à Universidad de Chile, que lançou Sampaoli para o planeta bola.

Zapping. O ex-atacante Túlio Maravilha chegou chegando ao reality ‘A Fazenda 11’, da Record. Por duas vezes, chamou o apresentador Marcos Mion de ‘Bial’, ex-BBB. Se errar novamente, Mion poderá dar o troco com ‘fala, Dadá Maravilha’.

Vapt-vupt. Contratado em abril, após rescindir com o Porto, o atacante Kelvin está de saída do Fluminense. Ele limpará o armário depois de inesquecíveis dois minutos em campo em 12 jogos. Kelvin, 25 anos, tem acordo até 31 de dezembro.

Gilete press. De Roberto Salim, no Ultrajano: “Minha gente, só os grandes goleiros comem frango! E Cássio, como maior goleiro do país, pode comer frango à hora que quiser. Se não tomasse gols como o que sofreu contra o Fluminense, com certeza Cássio não teria ganhado a Libertadores de 2012 – alguém aí se lembra da defesa contra o Vasco? Frango é carimbo de competência no currículo de um goleiro fora de série.” Cocoricó com louvor!

Tititi d’Aline. Se havia dúvida sobre o poder da ‘titia’ Leila Crefisa no ninho dos periquitos em revista, ela se dissipou nos últimos dias. A cartolagem palmeirense estava disposta a atender o clamor da torcida e demitir o gerente Alexandre Mattos, ex-Mittos, mas abdicou da ideia para evitar um confronto com Leila. Mattos ainda tem muito prestígio com a conselheira e futura candidata ao reino do Palestra.

Você sabia que… o Corinthians já enfrentou 13 vezes adversários equatorianos e acumula oito triunfos, um empate e quatro pauladas?

Bola de ouro. Santos, Khellven, Madson, Robson Bambu, Leo Pereira, Márcio Azevedo, Wellington, Bruno Guimarães, Léo Cittadini, Lucho González, Nikão, Marco Rúben, Marcelo Cirino, Rony e ‘professor’ Thiago Nunes. Heróis do Furacão, com brilhantismo.

Bola de latão. Palmeiras. Anunciou a plenos pulmões a contratação do meio-campista Ramires, 32 anos, em junho. Agora, depois de utilizá-lo em três jogos, informa que o atleta retornou do futebol chinês com uma lesão na coxa e deve ficar um bom tempo de chinelinho. Se tudo correr bem, Ramires pode voltar no meio de novembro. Após ser cornetado por conselheiros, o médico Gustavo Maglioca se defendeu: não dava para detectar o problema na chegada do jogador.

Bola de lixo. Andrés ‘Desmanchez’. Dia sim e outro também, a administração do impoluto cartola frequenta o coração da Fiel com incrível denodo. Depois de ser executado e incluído no Serasa pela Caixa Econômica Federal por calote em prestações do Itaquerão, minha casa minha vida, o clube encara mais um processo: a Tejofran, que cuidava da limpeza e segurança do estádio até agosto de 2018, cobra R$ 5,2 milhões. O Corinthians teria de pagar R$ 620 mil por mês à empresa e deu o cano de fevereiro a agosto do ano passado.

Bola sete. “Nossa seleção continua sem cara, mas a imprensa segue maquiando essa mesmice, tentando nos vender gato por lebre. Eu não compro” (de Paulo Cezar Caju, no Globo – fato).

Dúvida pertinente. Fabio Carille no bico do corvo?

O que você achou? jr.malia@bol.com.br

Anúncios

2 comentários em “Furacão varre Saci colorado e solta o grito de campeão; Corinthians dá vexame no Itaquerão”

  1. O que eu acho é que sobre esportes vc escreve bem,ai mistura política p falar mal do Bolsonaro que vai arrumar o que o lixo do pt que ganharam agora na Mega-Sena de ontem,isso vc esquerdista não deveria fazer

    Curtir

  2. Melhor goleiro do Brasil?! Lembro na hora da frase de Eça de Queiroz: – O que move o mundo é a coragem de afirmar!…

    Naming Rights: seria mais apropriado chamar de Lula Livre…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s