Grêmio supera Furacão e final da Copa do Brasil caminha para uma grande festa gaúcha

André marcou o primeiro gol do Grêmio
Andre e Cebolinha festejam primeiro gol do imortal

A final da Copa do Brasil tem tudo, e mais um pouco, para se transformar numa grande festa gaúcha. Depois de o Saci colorado derrotar a Raposa em BH por 1 a 0, o Grêmio passou o rodo no Furacão. Ganhou por 2 a 0, na Arena (40.175 pagantes/R$ 1.931.786), e agora poderá perder até por um gol de diferença o segundo duelo das semifinais, em Curitiba.

O Furacão precisa ganhar por dois tentos de vantagem, no mínimo, para decidir a vaga nos pênaltis. O Grêmio não contará com Everton Cebolinha, suspenso. No Beira-Rio, basta um empate ao Inter diante do Cruzeiro. Os jogos serão em 4 de setembro.

‘Temos que aparecer mais para o jogo. O time está um pouco escondido” – em poucas palavras, o atacante Rony definiu bem o comportamento do Furacão no primeiro tempo. A equipe optou por cuidar mais da defesa e pouco realizou no ataque.

No embalo da torcida, o Grêmio procurou amassar os paranaenses desde o início da partida. E tratou de explorar as investidas de Everton Cebolinha pela esquerda. O atacante infernizou Jonatan.

Aos 23 minutos, explosão nas arquibancadas. Em contragolpe, a bola sobrou para Cebolinha, que cruzou na cabeça de André. Com um leve toque, o centroavante desviou para a rede. Justiça à equipe mais ofensiva.

O Furacão criou apenas uma grande chance na etapa inicial. Na bacia das almas, Cirino tabelou com Marco Ruben, ficou cara a cara com o goleiro Paulo Victor e chutou para fora.

A equipe paranaense se libertou das amarras defensivas no segundo tempo e cresceu em campo. O Grêmio puxou o freio de mão e ficou à espera de um contra-ataque mortal. Aos 19, André desperdiçou ótima oportunidade. Recebeu livre, entrou na área e se embananou na frente do goleiro Santos.

Na sequência, o ‘professor’ Tiago Nunes mexeu no Furacão. Marco Ruben saiu e entrou Nikão. No Grêmio, Renato Gaúcho substituiu André por Diego Tardelli. Aos 26, nova festa gaúcha: Jean Pyerre cobrou falta e colocou a bola no canto esquerdo de Santos. Três minutos depois, Alisson poderia ter marcado o terceiro, mas chutou para fora.

O Furacão trocou Lucho González por Bruno Nazário, e o Grêmio, Jean Pyerre por Thaciano. O autor do segundo gol saiu aplaudidíssimo. Merecidamente. Ele e Matheus Henrique foram os grandes destaques do triunfo gaúcho. No final, Luan entrou no lugar de Maicon.

Desorganizado, o Furacão só não levou mais gols porque o Grêmio errou no arremate final. Caso contrário, a parada da classificação já estaria resolvida. A derrota por 2 a 0 ficou barata para os paranaenses.

XXXXXXXXXXXXXXX

Pitaco do Chucky. ‘Mi Buenos Aires querido’, o tango preferido de Bozo no Planalto.

Go home. Dos sete gringos do elenco, o Peixe deve ficar com apenas quatro, a pedido do ‘professor’ Jorge Sampaoli. O meia Cueva deve encabeçar a lista. Contratado em janeiro por empréstimo, mas com a obrigatoriedade de o Santos comprá-lo em 2020 por R$ 25 milhões, preço fixado pelo Krasnodar, da Rússia, o peruano participou de apenas 16 jogos, não marcou nenhum gol e nem deu assistência. O costarriquenho Bryan Ruiz também está na rota do RH, o mesmo acontecendo com Uribe.

Zé Corneta. O tempo passa, o tempo voa… e não perdoa: ‘menino Ney’ aterrissou no PSG ao som de ‘Aquarela do Brasil’ e vai sair aos gritos de ‘vaza’ e ‘filho da puta’.

É campeão! Contratado nos últimos dias da janela de transferências, o goleiro espanhol Adrián substituiu o brasileiro Alisson, lesionado, e saiu como herói na final da Supercopa da Europa entre Liverpool e Chesea, em Istambul. Ele pegou a cobrança de Abraham e garantiu o caneco ao Liberpool na disputa de pênaltis por 5 a 4. No tempo normal e na prorrogação, empate em 2 a 2. Girou inaugurou o placar para o Chelsea. Mané empatou e, depois, virou no tempo extra. Jorginho, de pênalti, fez o segundo dos Blues. A francesa Stephanie Frappart apitou o jogo. Pela primeira vez uma mulher comandou a arbitragem numa competição masculina organizada pela Uefa. E foi bem.

Sugismundo Freud. O ódio é um dos caminhos para a destruição.

SOS Lusa. O clube completou 99 anos sem saber se chegará a 100. Está na UTI: dívidas superam os R$ 350 milhões. Corre o risco de perder o Canindé. A Portuguesa não disputa nenhuma das quatro divisões do Brasileiro. Nos últimos oito meses, o estádio passou metade sem jogos. Torcedores criaram o grupo ‘SOS Canindé’ para reformar o estádio. Trocaram lâmpadas dos refletores, limparam o fosso, deram um trato nas cabines de imprensa e pintaram parte das arquibancadas. Pior que a situação da Lusa, só mesmo as declarações do ministro da Educação, Abraham Weintraub, que citou a pequena torcida do time para ironizar um protesto de estudantes no Masp. Disse que ‘a frota de combis (sic) congestionou o local e o fornecimento de pães está suspenso até amanhã’. Ridículo.

Zapping. Tão ruim ou pior que o monstrengo VAR só mesmo as análises de ex-assopradores de latinha em centrais do apito, salas de VAR e programas de TV. Acreditam estar acima do bem e do mal. A última palavra!

Gilete press. Do jornal argentino ‘Olé’, sobre a expulsão de Felipe Melo contra o Bahêa: “Outra barbaridade de Felipe Melo. O brasileiro do Palmeiras deu uma cotovelada criminosa em um rival do Bahia e somou uma nova expulsão para sua carreira. E ainda protestou contra o cartão vermelho. Uma nova página em seu extenso prontuário dentro dos gramados.” Na Espanha, o ‘Marca’ publicou: “Felipe Melo segue arrebentando no Brasil: terrível cotovelada na cara de um rival e vermelho direto.” No fígado!

Caiu na rede. Carille, o estrategista da Fiel: 1-10-0. Jogai por nós, São Jorge!

Tititi d’Aline. Atolado em dívidas e processos, o ex-piloto Emerson ‘Rato’ Fittipaldi decidiu faturar uns trocados com o aluguel de uma mansão de 1,3 mil m², em Pinheiros, zona oeste de São Paulo. Avaliada em módicos R$ 12 milhões, a casa pode abrigar 20 carros. O aluguel é de R$ 45 mil, mais R$ 3 mil de IPTU. Fittipaldi deve mais de R$ 23 milhões somente para bancos.

Você sabia que… o atacante Dudu já marcou 63 gols em 260 jogos com a camisa do Palmeiras?

Bola de ouro. Premier League. A primeira rodada atraiu apenas 402.772 torcedores, média de 40.277 espectadores. O clássico Manchester United 4 x 0 Chelsea bombou com 73.620 pagantes. Tottenham 3 x 1 Aston Villa reuniu 60.407 pessoas. A média do Brasileirão gira em torno de 20 mil por embate.

Bola de latão. Adil Rami. Campeão do mundo com a seleção francesa em 2018, o zagueiro levou um bico nos fundilhos do Olympique de Marselha. O clube descobriu que o atleta havia faltado ao treino porque optara por ‘uma luta na lama’ em programa de TV. Recentemente, sua ex-namorada, a atriz Pamela Anderson, o classificou como sociopata, monstro, infiel e narcisista, além de ameaçá-la várias vezes.

Bola de lixo. Fluminense. Flertando com a zona do agrião queimado, o Tricolor das Laranjeiras realiza a pior campanha da última década do Brasileirão, de acordo com levantamento do ‘Sr.Goool’. O time acumula apenas 12 pontos em 42 possíveis – três vitórias, três empates e oito coças. Aproveitamento de 28,6%. Quatro anos atrás, o Fluminense havia cravado sua pior largada, com 15 pontos.

Bola sete. “Sampaoli é um técnico acima da média, um técnico fora da curva. Merecedor de todo sucesso que tem aqui. Há três anos, fui a Sevilha e assisti a uma semana de trabalho dele. O Santos é uma das equipes mais organizadas, mais difíceis de ser vencidas” (de Rogério Ceni, novo treinador da Raposa, na contramão do corporativismo dos ‘professores’ nacionais – na mosca).

Dúvida pertinente. Grêmio x Saci colorado, a decisão da Copa do Brasil?

O que você achou? jr.malia@bol.com.br

Anúncios

Um comentário sobre “Grêmio supera Furacão e final da Copa do Brasil caminha para uma grande festa gaúcha”

  1. Re Neymar – Já escrevi aqui a frase de Proust que dizia que só as pessoas superficiais não se deixam levar pelas primeiras impressões… Há alguns anos eu assistia um jogo nas cadeiras azuis do Pacaembu, quando, no intervalo, percebi que muitas pessoas olhavam para o cercadinho das “otoridades” logo acima. Eram Neymar e família. Ele iria estrear no time principal algumas semanas depois. Torci o nariz. Santo Proust!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s