Palmeiras de Felipão deixa Santos de Sampaoli de quatro e mantém liderança do Brasileirão

Deyverson aproveita cruzamento de Dudu e marca o segundo do Palmeiras

Quando surge o Alviverde imponente… sai de baixo. O Palmeiras mostrou contra o Santos que não está para brincadeira na luta do bicampeonato brasileiro. Com uma atuação de gala, goleou por 4 a 0, na casa alugada do Pacaembu (30.058 pagantes/R$ 987.830), e assumiu a liderança isolada, com 13 pontos, depois de cinco jogos. De quebra, aumentou para 28 o número de jogos sem derrota na competição. O time santista tem 10 pontos.

O Peixe de Jorge Sampaoli foi simplesmente devorado pelo Periquito do ‘sargento’ Felipão. Levou quatro sapatadas históricas (Gustavo Gómez, Deyverson, Raphael Veiga e Hyoran), apesar de ter muito mais posse de bola, 61% a 39%. O Palestra disputou sua melhor partida nesta temporada.

Felipão e Sampaoli se encontraram pela quinta vez. O palmeirense está invicto: duas vitórias e três empates. O rodízio promovido pelo hermano, deixando Victor Ferraz, Jean Mota e Rodrygo no banco (o atacante sequer entrou na partida), provocou muitas críticas ao treinador na primeira derrota do Peixe no Brasileirão.

Certamente nem o torcedor mais fanático esperava pelo início arrasador do Palmeiras no clássico. O time do ‘sargento’ Felipão surpreendeu o Santis com marcação alta e jogadas rápidas, principalmente pela direita, explorando os erros de Felipe Jonatan.

Resultado: em apenas 20 minutos, já vencia por 2 a 0. Merecidamente. Aos 5, Sanchez fez falta, Dudu cobrou e o zagueiro Gustavo Gómez conferiu de cabeça. Os santistas reclamaram impedimento, mas o VAR confirmou o tento. Na sequência, Zé Rafael acertou a trave, após cobrança de escanteio.

Atordoado com a pressão palmeirense, o Peixe errou uma saída de bola e tomou o segundo aos 18. Dudu recebeu livre na direita, cruzou e Deyverson cutucou para a rede. O centroavante comemorou o gol colocando a bola por baixo da camisa. Vai ser papai. Ele namora a cantora sertaneja Camila Nogueira.

Em vantagem, o Palmeiras puxou o freio de mão e permitiu ao Santos respirar um pouco. Não o suficiente, porém, para complicar a vida do goleiro Weverson. O Palestra jamais perdeu o controle da partida.

O Santos voltou para o segundo tempo com Jean Mota no lugar de Jean Lucas, perdidaço no meio de campo. Estranhamente, Sampaoli manteve Rodrygo no banco.

A equipe da Baixada esboçou uma reação. O Palmeiras não se abalou e nocauteou o coirmão aos 6: Raphael Veiga finalizou de fora da área, a bola desviou em Aguilar e deixou Vanderlei mais perdido que cebola em salada de frutas – 3 a 0.

Desesperado, Sampaoli trocou Felipe Jonatan por Cueva. E nada do garoto Rodrygo. O Santos foi em busca do chamado ‘gol de honra’. Parou nas luvas de Weverton e na trave. Última mudança no Peixe: Aguilar por Victor Ferraz. Rodrygo só ficou na torcida.

Aos 42, Hyoran deixou o Peixe de quatro após perder um gol cara cara. O atacante, que havia substituído Zé Raphael, ficou livre à frente de Vanderlei, após passe de Dudu, e fechou a goleada. Antes da entrada de Hyoran, Felipão havia sacado Raphael Veiga e colocado Moisés. Na bacia das almas, Bruno Henrique por Thiago Santos.

Na próxima quarta, o Palmeiras vira a chavinha e encara o Sampaio Correa, em São Luís, pelas oitavas de final da Copa do Brasil. O Santos só joga no fim de semana. Pega o Saci colorado, no aquário da Vila Belmiro, pelo Brasileirão.

A quinta rodada do campeonato teve mais dois jogos. O Fluminense de Fernando Diniz arrebentou a Raposa de Mano Menezes: 4 a 1 no ‘new Maraca’. Em BH, o Galo deu duas bicadas no Urubu: 2 a 1.

XXXXXXXXXXXX

Pitaco do Chucky. A máscara dos salvadores da pátria já foi para o beleléu.

Itaquerão: happy birthday. Corinthians festeja cinco anos de Itaquerão, minha casa minha vida: deve mais de R$ 1,2 bilhão à Caixa e aos samaritanos donos da ilibada Odebrecht. Espera quitar a dívida em 12 anos. Uma piada, segundo conselheiros do clube. O Corinthians esperava faturar mais de R$ 200 milhões por temporada com o estádio… se negociasse o naming rights, 90 camarotes, 15 mil cadeiras cativas e otras cositas más. Ficou só no sonho. Em campo, sucesso: 109 triunfos, 45 empates e 19 coças em 173 duelo, com direito a três voltas olímpicas – dois Paulistinhas (2017/19) e um Brasileirão (2017). O artilheiro é Romero, com 27 gols, três à frente de Jadson.

Zé Corneta. E o Boselli, hein? Chegou cheio de milonga ao Corinthians, perdeu o rumo do gol e já dança samba na boca da Fiel.

Olha nóis aqui. Os milionários Palmeiras e Flamengo são apontados como ‘bichos-papões’ do ludopédio nacional, mas nenhum deles foi agraciado pelo ‘professor’ Tite com uma convocação para defender a amarelinha desbotada na Copa América. O mesmo aconteceu com Raposa e Saci colorado. Certamente o palmeirense Dudu seria chamado por outros treinadores menos comprometidos com os amigos de fé para o novo voo do canarinho sem asas. Por que não o rubro-negro Bruno Henrique e o cruzeirense Dedé, por exemplo? E o Bruno Henrique do Palestra? Cantado em prosa e verso pela mídia mundial após encaçapar três gols no Ajax e garantir o Tottenham na final de Champions, Lucas Moura também foi ignorado pelo rei do media training.

Olha nóis aqui 2. Tite deixou ainda Vinícius Júnior e Fabinho na saudade. E optou pelos irmãos camaradas Gabriel Jesus, Philippe Coutinho, Miranda, Thiago Silva, Fernandinho, Filipe Luis, Daniel Alves… No total, 14 atletas que fracassaram na Copa da Rússia. Já a chamada de Neymar era favas contadas. Só a turma do contra queria que Tite castigasse o atacante por ter agredido um torcedor na final da Copa da França. Se atendesse o clamor imbecil dos invejosos, Tite estaria punindo a amarelinha desbotada e colocando em risco o precioso emprego no Circo Brasileiro de Futebol.

Sugismundo Freud. Começar já é metade de uma ação.

Tríplice coroa. O ‘professor’ Pep Guardiola conseguiu mais um feito: levou o Manchester City à conquista dos três principais canecos da terra da rainha. Depois de faturar a Premier League e a Copa da Liga, o time goleou o Watford por 6 a 0, em Wembley, e ganhou a Copa da Inglaterra. O menino Jesus foi um dos destaques da festa. Marcou dois gols e deu uma assistência para De Bruyne. David Silva e Sterling (dois) também ensacaram o adversário. Desde de 2011, o City estava na fila do troféu. Agora, tem seis. O Arsenal, com 13, lidera o ranking dos campeões da competição mais antiga do planeta bola.

Caiu na rede (by ‘Olé do Brasil’). Urgente: Liverpool envia documento à CBF informando que Fabinho é brasileiro e pode ser convocado.

Adeus com título. Os atacantes Ribéry e Robben se despediram do Bayern de Munique em grande estilo. A dupla começou o embate com o Eintracht Frankfurt no banco, entrou no segundo tempo e levou a torcida à loucura. O francês deixou a zaga na saudade e correu para o abraço após dar um toque por cima de Trapp. O holandês também estufou a rede depois de receber um passe de Alaba. O Bayern trucidou o coirmão na Allianz Arena (5 a 1) e faturou o 29º título da Bundesliga, o sétimo consecutivo.

Circo. O novo autódromo carioca só deverá ficar pronto na metade de 2020. Ou seja, sinal verde para a Fórmula 1 apenas em 2022.

‘Pojeto’. A estreia oficial do ‘pofexô’ Vanderlei Luxemburgo na casamata vascaína será contra o Avaí, neste domingo, em São Januário. E o ‘mestre dos mestres’ poderá degustar um belo mamão com jiló em seu retorno ao ludopédio depois de longo e tenebroso inverno na fila do desemprego. Em quatro rodadas do Brasileirão, o Vasco ganhou nada menos que… um ponto em 12 possíveis. Prêmio: a lanterna. É o pior início do time na era dos pontos corridos, iniciada em 2003.

Gilete press. De Lauro Jardim, no Globo; “Vandenbergue Machado, lobista da CBF em Brasília há 19 anos, está deixando a entidade. Pediu demissão. Machado atuou como servidor do Senado por décadas e foi contratado por Ricardo Teixeira para cuidar dos interesses da CBF no centro do poder depois de uma indicação de Renan Calheiros. No mesmo movimento, a CBF fechou o seu escritório em Brasília, onde possuía oito funcionários.” Arroz queimado?

Tititi d’Aline. O Palmeiras está em maus lençóis: quer renovar o contrato do pitbull Felipe Melo, porém o jogador se esquiva do papo, empurra com a barriga. O volante argumenta que o acordo só terminará em dezembro. Não há pressa. Só que, a partir de julho, o xerife poderá assinar pré-contrato com outro time. Aos 35 anos, FM ganha R$ 350 mil por mês para a xepa, mais R$ 20 mil por jogo disputado. De luvas, papou R$ 8,4 milhões, distribuídos em parcelas trimestrais de R$ 700 mil cada.

Você sabia que… Goiás x Raposa, em 1979, entrou para a história com o maior número de expulsões no Brasileirão, chegando a 14?

Bola de ouro. Palmeiras. Manda prender e soltar no sub-20. Depois de faturar o Brasileirão, os moleques do Palestra faturaram a Copa do Brasil, vencendo a Raposa nos pênaltis, em BH. O clube também fez a festa no Paulistinha do ano passado. Ou seja, papou a tríplice coroa da categoria. De quebra, ganhou a Copa RS.

Bola de latão. Amarelinha desbotada. A comissão técnica do ‘professor’ Tite começou a fazer água. Depois de o coordenador Edu Gaspar ter anunciado que irá para o Arsenal após a Copa América, o auxiliar Sylvinho também decidiu trabalhar num time europeu, o Lyon. Tite vai apagar a luz após o torneio no Brasil?

Bola de lixo. Natação. Graças ao apoio da confederação de desportos aquáticos e do COB (caixinha, obrigado Brasil), a equipe brasileira de nado artístico recorreu à vaquinha virtual para comprar maiôs. Cada peça custa R$ 800. O time precisa de 20 para disputar o Mundial da Coreia do Sul e o Pan do Peru. Ao saber do SOS das meninas, o COB prometeu ir às compras.

Bola sete. “O Neymar não pode ser capitão depois do que aconteceu na França. Não pode. O Neymar não tem perfil para ser capitão da seleção brasileira” (de Galvão Bueno, no SporTV – há controvérsias).

Dúvida pertinente. Palmeiras: já pintou o campeão?

O que você achou? jr.malia@bol.com.br 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s