Choque-Rei: depois de empate sem gols, garotos do São Paulo encaram tabu na mansão palmeirense

Pablo, São Paulo, Edu Dracena, Palmeiras
Edu Dracena e Pablo disputam a bola

A garotada do soberano São Paulo não se intimidou diante dos medalhões do Palmeiras, encarou o Choque-Rei em igualdade de condições e saiu aplaudida pela torcida no Morumbi (43.202 espectadores/R$ 1.809.853). Mas teve que se conformar com o ‘oxo’ no primeiro duelo das semifinais do Paulistinha, a pré-temporada com ingresso pago. O jogo foi agradável, principalmente no primeiro tempo, com bolas na trave e pênalti cancelado pelo VAR.

São-paulinos e palmeirenses decidirão a vaga no próximo domingo. Quem ganhar vai à final contra Peixe ou Corinthians. Novo empate levará o tira-teima para a marca da cal.

O embate será na mansão Allianz Parque. E é aí que mora o perigo para o Tricolor. A equipe enfrentará um tabu no ninho dos periquitos em revista: em sete jogos no estádio, perdeu todos. O São Paulo será comandado por mestre Cuca, que assumirá o time nesta terça. Vagner Mancini voltará ao cargo de cartola. Já o Palestra jogará antes pela Libertadores: terça, contra o San Lorenzo, na Argentina.

Tricolor e Palmeiras apresentaram bom espetáculo no primeiro tempo. Só faltou o gol. Mostraram muita disposição, às vezes até exagerada nas divididas, mandaram duas bolas na trave e até viveram o suspense do VAR.

O São Paulo prometeu e cumpriu: adotou a velocidade e, explorando as descidas do ótimo garoto Antony pela direita, controlou boa parte dos 45 minutos iniciais.

A equipe palmeirense cresceu depois de colocar a bola no chão e cadenciar o ritmo de jogo, a fim de quebrar a rapidez são-paulina no ataque. Resultado: Dudu mandou petardo na trave e ainda teve um pênalti de Reinaldo em Dudu, marcado por sua senhoria, o assoprador de latinha Vinícius Furlan, anulado pelo VAR.

O São Paulo também acertou o travessão Weverton. Após cruzamento de Liziero, Pablo venceu a disputa pelo alto com Edu Dracena e cabeceou no pau. O atacante ainda arrematou com perigo logo depois.

O Choque-Rei continuou agradável no segundo tempo, mas sem a mesma intensidade. O Tricolor até que tentou repetir a boa apresentação da etapa inicial, só que falhou no toque final, na hora de a onça escovar os dentes.

Aos 7, a galera são-paulina chegou a comemorar um gol de Arboleta (havia entrado no intervalo no lugar de Anderson Martins, lesionado). O lance, porém, foi anulado. Houve falta de Bruno Alves em Marcos Rocha.

O Palmeiras equilibrou a partida três minutos depois. E o jogo ficou até chato em alguns momentos, com excesso de faltas dos dois lados. As chances praticamente desapareceram.

Felipão trocou os laterais (Victor Luis por Diogo Barbosa e Marcos Rocha por Mayke), enquanto Vagner Mancini substituiu Everton Felipe por Everton. Depois, mexeram no meio de campo: Ricardo Goulart (apagadíssimo) e Igor Gomes por Lucas Lima e Nenê, respectivamente.

Nada mudou. E o ‘oxo’ prosseguiu até o fim. Um castigo para o desempenho de são-paulinos e palmeirenses. O melhor resultado seria um empate com gols. Está tudo aberto para o confronto do próximo domingo. Quem vencer leva.

XXXXXXXXXXXX

Pitaco do Chucky. O maior adversário de Pato no soberano São Paulo será o Pato celebridade.

Tabu oitentão. Bicampeão do Paulistinha, a pré-temporada com ingresso pago, o ‘professor’ Fabio Carille pode entrar para a história corintiana com uma façanha: há 80 anos, o time não conquista um tricampeonato. A última vez foi em 1937/38/39. Antes, havia faturado o tri em duas oportunidades: 1922/23/24 e 1928/29/30. Carille está a 360 minutos do terceiro caneco.

Zé Corneta. O grande problema do VAR é quem cuida do apito eletrônico.

Pobre amarelinha. Os números do ibope são mortais no último terço do campo: a amarelinha desbotada tem cada vez menos espaço no coração da torcida para ‘performar como resultado’. Os amistosos com Panamá e República Tcheca renderam 16,5 e 19 pontos de audiência, respectivamente. Já São Paulo x Ituano e Corinthians x Ferroviária cravaram 21,5 e 29 pontos, pelo modorrento Paulistinha, a pré-temporada com ingresso pago. O jogo do Corinthians bateu recorde da temporada na grande Pauliceia refém da bandidagem. Superou até a novela das nove.

Sugismundo Freud. Se o problema não tem solução, pra que esquentar a cabeça.

Vassourada. A compra do Bragantino pelo Red Bull já produz estragos: a comissão técnica do time de Bragança será convidada a visitar o RH no começo da próxima semana. A informação foi dada pelo ‘professor’ Marcelo Veiga à rádio 102 FM de Bragança. O treinador espera que boa parte do elenco seja mantida, mas isso dificilmente acontecerá. Os atletas do Red Bull terão preferência.

Zapping. A mídia esportiva está barbarizando: a apresentadora Sonia Abrão superou os entendidos e informou primeiro a contratação de Pato pelo soberano São Paulo. Deu uma baile nos estagiários.

Figurinhas. A Copa América só começa em 14 de junho, mas o álbum de figurinhas já circula por aí, com Neymar de cachos loiros e Messi ainda de barba. As 12 seleções estão distribuídas em 56 páginas. Total de 400 estampas. A Panini definiu em R$ 2,50 cada pacotinho com cinco figurinhas. A exemplo do Mundial da Rússia, há uma homenagem a lendas do futebol sul-americano.

Caiu na rede (by ‘Olé do Brasil’). Argentina tenta naturalizar elenco do Barcelona para fazer Messi jogar bem pela seleção.

Gilete press. De Marcel Rizzo, no Uol: “O Corinthians, mais uma vez, foi o clube que mais pagou comissões a intermediários em negociações de atletas, segundo dados da CBF (Confederação Brasileira de Futebol). O relatório que engloba o período de abril de 2018 a março de 2019 mostra que os paulistas pagaram R$ 34,5 milhões a agentes. O segundo foi o Palmeiras, com R$ 32,88 milhões [o São Paulo ficou em terceiro, com R$ 25,3 milhões]. O total pago por 40 clubes, segundo dados recebidos pela entidade, foi de R$ 202 milhões.” Festa do caqui.

Tititi d’Aline. O brasileiro Éderson, goleiro da seleção e do Manchester City, está sem lenço e sem documento: nos momentos de folga, só anda de chinelo slipper Gucci de 630 libras (R$ 3,2 mil). Ele e a mulher, Lais, também curtem uma Lamborghini Aventador de 433 mil libras (R$ 1,8 milhão). O ‘Pois É’ acelera de 0 a 100 km/ em três segundos.

Você sabia que… Corinthians e Peixe já se enfrentaram 329 vezes, com 130 vitórias corintianas, 94 empates e 105 derrotas?

‘Bola de ouro’. Corinthians. Pelo segundo ano consecutivo, o Papai Noel corintiano dá as cartas no ranking de clubes que mais alimentaram os empresários na transferência e/ou renovação de contrato de jogadores. Entre abril de 2017 e março de 2018, pagou R$ 12,8 milhões. Na última temporada, mais R$ 34,5 milhões em comissões.

Bola de latão. Roque Jr, Jô, Jardel e Gilberto. O quarteto de ouro do futebol brasileiro figura entre os 50 piores investimentos da história da Premier League, lista elaborada pela revista inglesa FourFour Two. Roque Jr (48º lugar) defendeu o Leeds United. Jô (40º) vestiu a camisa do Manchester City. Jardel (30º) decepcionou no Bolton, enquanto Gilberto (25º) fracassou no Tottenham.

Bola de lixo. Mamãe Fifa. Tira, põe, deixa ficar: o aumento de 32 seleções para 48 já na Copa do Catar/22, defendido com unhas, dentes e bolso pelo careca Gianni Infantino, representaria um incremento de US$ 1 bilhão na renda do Mundial. Também colocaria mais federações com o rabo preso.

Bola sete. “Ser campeão do mundo não tem preço, é algo único. Tive a sorte de ganhar tudo como jogador, no clube e a nível individual. Mas não ter nada com a seleção é muito duro” (do hermano Messi, sobre a maior frustração na carreira – Pelé tem três).

Dúvida pertinente. O VAR roubou o apito do juiz?

O que você achou? jr.malia@bol.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s