Um dia inesquecível: Cássio pega dois pênaltis e garante Corinthians na Sul-americana

Cássio pega pênalti em Racing x Corinthians

Certamente o goleiro Cássio jamais esquecerá o dia 27 de fevereiro de 2019. Uma quarta-feira histórica para o gigante corintiano no estádio El Cilindro, em Avellaneda, na Argentina. Completou 395 partidas com a camisa do clube, transformando-se no segundo atleta da posição com mais jogos pelo Corinthians, igualando a marca do sensacional Gylmar dos Santos Neves (Ronaldo lidera com 602), e garantiu a classificação da equipe à segunda fase da Sul-americana.

Depois de empate por 1 a 1 no tempo normal contra o time praticamente reserva do Racing (só três titulares atuaram), gols de Cristaldo e Love, Cássio pegou duas cobranças na decisão por pênaltis – Dominguez e Solari. Cristaldo bateu para fora. O Corinthians marcou com Gustagol, Mateus Vital, Vagner Love, Richard e Fagner. Sornoza e Avelar desperdiçaram.

As equipes voltaram a um mata-mata após um ano e meio. Em setembro de 2017, o Racing eliminou o Corinthians nas oitavas de final do torneio, em jogo que teve dois expulsos. O próximo adversário corintiano será decidido em sorteio da Conmebol.

Apesar de precisar da vitória e de o Racing poupar a maioria dos jogadores, o ‘professor’ Fabio Carille armou uma equipe excessivamente cautelosa no início da partida. Entregou a bola aos hermanos e ficou na esperança de acertar um contra-ataque. Sem sucesso.

Sem Urso (não foi inscrito no torneio), o Corinthians pouco produziu com Ramiro e Clayson pelos lados. E muito menos com Pedrinho e Sornoza pelo meio. O Racing, com excelente toque de bola, se impôs em campo.

A equipe argentina aproveitou bem as beiradas de campo e chegou ao gol na bacia das almas, mais precisamente aos 41. Neri Cardozo cruzou, o ex-palmeirense Cristaldo subiu mais que Fagner e tocou de cabeça para a rede. Dos 14 gols sofridos pelo Corinthians na temporada, 10 saíram em jogadas de bola aérea.

Aos 45, o melhor momento do Corinthians. Sornoza cobrou falta e o goleiro Arias fez excepcional defesa. O primeiro tempo terminou com 66% de posse de bola para o Racing. O Corinthians apostou na bola alçada para Gustagol, e nada conseguiu.

A equipe corintiana voltou do vestiário com Love no lugar de Clayson. O mais correto seria a saída de Ramiro, que correu muito, mas produziu pouco.

Com a entrada do ‘artilheiro do amor’, o Corinthians cresceu e empatou aos 5. Após cobrança de escanteio de Sornoza, Pillud afastou mal, Love pegou de primeira, de voleio, e estufou a rede dos argentinos. Um golaço!

O Racing sentiu o golpe. O Corinthians poderia ter partido para o nocaute, só que se acomodou. Mesmo assim, criou ótima chance num contragolpe. Pedrinho lançou Gustagol na direita. O centroavante avançou e passou a Love na grande área. Ele chutou e Aria operou um milagre.

Aos 30, Pedrinho sentiu uma lesão e foi substituído por Richard. O heptacampeão brasileiro procurou reforçar o meio de campo, enquanto o Racing partiu para a pressão, explorando muito bem a fraca marcação de Avelar.

Nos minutos finais, outra troca no Corinthians: Ramiro por Mateus Vital. Carille armou forte bloqueio na zaga e conseguiu levar a decisão para os pênaltis. Aí apareceu o gigante Cássio. E o Corinthians venceu por 5 a 4.

Ale Cabral/AGIF

Em jogo antecipado da nona rodada do Paulistinha, a pré-temporada com ingresso pago, o Palmeiras derrotou o Ituano por 3 a 2, na mansão Allianz Parque (20.660 pagantes/R$ 1.016.331,95).

Ricardo Goulart foi a estrela da noite. Marcou dois gols e deu uma assistência de peito para Borja fazer a festa. Os tentos do Ituano foram de Serrato e Morato.

Com o triunfo, o Palmeiras chegou a 18 pontos na liderança do grupo B, cinco à frente de Guarani e Novorizontino, que ainda precisam jogar. O Palestra voltará a campo na próxima quarta. Enfrentará o Junior Barranquilla, na estreia da Libertadores.

Pelas semifinais da Copa do Rei, depois de ser dominado no primeiro tempo pelo Real Madrid, o Barcelona amassou o coirmão no Santiago Bernabéu. Venceu por 3 a 0 e se classificou para a sexta final consecutiva do torneio.

A grande estrela da vitória foi o uruguaio Suarez, com dois gols, um deles de pênalti. Varone, contra, contribuiu para a festa catalã.

O adversário do Barça será o vencedor de Betis x Valencia. O duelo acontecerá nesta quinta. No primeiro jogo, empate por 1 a 1. O Barça lutará pelo penta em 25 de maio.

O estádio do Real virou recreio do Barça. Ganhou quatro das últimas cinco partidas no campo do coirmão. Marcou 13 gols e tomou quatro.

Ex-Flamengo, o moleque Vinicius Júnior foi um dos melhores do Real. Criou boas oportunidades, mas falhou na finalização. Arrematou seis dos 14 chutes de sua equipe na partida.

O que você achou? jr.malia@bol.com.br 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s