Empate no Independência: Coelho segue invicto e Corinthians mantém tabu de 18 anos

Então, ficamos assim: estando bem para ambas as partes, para que gritar gol? Coelho e Corinthians ficaram no ‘oxo’, no estádio Independência, pela 27ª rodada do Brasileirão. O time mineiro manteve a invencibilidade em casa (agora são oito jogos), enquanto a equipe corintiana segue sem perder para o coirmão em BH (o último fracasso foi em 2000, ou seja, há 18 anos). O Corinthians jogou sem Fagner (lesionado) e Jadson, Douglas e Avelar (poupados). Entraram Gabriel, Arao, Pedrinho e Carlos – só o chileno decepcionou.

Os dois times reclamaram de pênaltis não marcados pelo assoprador de latinha Marcelo de Lima Henrique no segundo tempo. O Corinthians chegou a 35 pontos e ocupa a oitava colocação. O América está em 12º, com 32. Na próxima sexta, os paulistas receberão o Flamengo no Itaquerão, minha casa minha vida. O Coelho jogará contra o Furacão, em Curitiba.

Apesar do ‘oxo’ no placar, o primeiro tempo no Horto foi agradável. Nenhuma obra de arte, é verdade, mas pelo menos os times procuraram jogar futebol. Até os 20 minutos, o Corinthians dominou fácil o Coelho. Explorou bem as investidas de Clayson pela esquerda e só não marcou porque parou nas luvas de João Ricardo.

Aos poucos, o time mineiro acertou a marcação no meio de campo, procurou não dar espaços a Pedrinho, Arao e Mateus Vital para armar as investidas do Corinthians pelo lado de Clayson e diminuiu a pressão corintiana. Preocupou-se mais em contragolpear e por isso só ameaçou uma vez o goleiro Cássio, tirando proveito da ‘avenida Gabriel’, improvisado na lateral direita.

Mesmo sem o ímpeto inicial, o Corinthians criou boas chances, porém abusou do preciosismo e concluiu sem perigo para o gol. Além disso, não contou com a colaboração de Romero, a figura mais apagada da etapa inicial. Não mostrou nem a garra que o transformou em xodó da Fiel.

O Coelho voltou para o segundo tempo com Juninho no meio de campo, em lugar David, e o atacante Matheusinho no de Wesley Pacheco. As alterações do ‘professor’ Adilson Baptista melhoraram a produção do time mineiro. O Corinthians caiu de rendimento, mesmo com mais posse de bola. Tico-tico sem fubá. Objetividade praticamente nula.

Aos 22, estreia na equipe paulista: o paraguaio Sérgio Dias substituiu Clayson, que saiu irritado. Nove minutos depois, Thiaguinho por Araos (atuação discretíssima). E, aos 35, Róger na posição de Romero. Aos trancos e barrancos, o Corinthians procurou chegar à vitória, sem sucesso. E saiu de campo reclamando de um pênalti de Gerson Magrão em Gabriel na bacia das almas. Os jogadores do América também chiaram contra sua senhoria, o assoprador de latinha Marcelo de Lima Henrique, por não ter assinalado um toque de mão de Ralf na grande área no segundo tempo.

A 27ª jornada começou com a vitória do Grêmio sobre o Fluminense por 1 a 0, no estádio Nilton Santos, o Niltão (7.922 testemunhas/R$ 152.190). O duelo entre cariocas e gaúchos caminhava para mais um modorrento ‘oxo’ do campeonato quando entrou em acão o talento de Everton ‘Cebolinha’.

No último lance da partida, aos 47 minutos, o atacante garantiu os três pontos ao imortal com um gol de calcanhar. Ele recebeu de Thony Anderson, dominou com categoria e ‘quebrou’ o goleiro Júlio César. Um golaço: “Pela primeira vez marquei um gol de calcanhar. Fui feliz em um lance isolado. Estou vivendo um momento mágico, nada melhor do que fazer gol nesse estilo. Foi no improviso. Eu ia bater girando. Vi que o Júlio César estava chegando e mudei de ideia. Dei sorte”, afirmou o herói ‘Cebolinha’.

Mais preocupado com o jogo contra o Atlético Tucumán, nesta terça, pelas quartas de final da Libertadores, o ‘professor’ Renato Gaúcho escalou um time reserva. Apenas Maicon, suspenso da competição continental, começou jogando. ‘Cebolinha’ entrou no segundo tempo.

Com o triunfo, o Grêmio foi a 50 pontos e segue na briga pelo título. No meio da tabela, o Fluminense tem 34. Irritada com as mudanças feitas por Marcelo Teixeira no segundo tempo, a torcida do Flu chamou o ‘professor’ de ‘burro’.

O que você achou? jr.malia@bol.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s