Diego Souza, o ‘Papa-léguas’, só não irá à Copa se perder o avião para a Rússia

Resultado de imagem para diego souza gol mais rapido fotos
Diego Souza, 1 a 0, aos nove segundos: gol mais rápido da história da seleção

Após 180 minutos de bola rolando na terra do canguru, com uma derrota diante da Argentina (1 a 0) e uma goleada sobre a Austrália (4 a 0), o ‘professor’ Tite repetiu a ladainha de outros comandantes da amarelinha desbotada antes de uma Copa do Mundo: o grupo está totalmente aberto. Balela! Conversa fiada!

Mais de 50% das passagens para a Rússia já estão devidamente carimbadas. Ou seja, poucas vagas no voo da esperança do hexa ainda estão em jogo. Uma delas praticamente foi preenchida por Diego Souza, o ‘Papa-léguas’ do Sport, que abriu o caminho para o triunfo contra os australianos com um gol aos nove segundos de partida, o mais rápido da história do time da pátria das chuteiras furadas.

Havia 49 anos que um jogador de uma equipe pernambucana não corria para o abraço na seleção. Mesmo improvisado como centroavante no posto do menino Jesus, cortado por lesão, o meia Diego Souza deu conta do recado (também marcou o quarto gol; os outros foram de Thiago Silva e Taison).

Na hora de a onça beber água, ele deve levar vantagem sobre Firmino, que tem a seu favor apenas o fato de jogar ao lado de Philippe Coutinho no Liverpool.

Já Douglas Costa perdeu pontos importantes. O atacante do Bayern de Munique jogou mal mesmo contra um time limitado tecnicamente e sem vários titulares. Thiago Silva foi bem na zaga, o mesmo acontecendo com Rafinha na lateral direita – é mais eficiente que o corintiano Fagner, jogador de confiança de Tite.

Outros que certamente deixaram o ‘professor’ com um pequeno hipopótamo atrás da orelha: Rodrigo Caio, Giuliano, Taison e David Luiz (como opção à frente da zaga, apesar de ter cometido muitas faltas).

Depois da fácil vitória sobre os australianos no Melbourne Cricket Ground, que recebeu 48.847 pessoas (metade do público do amistoso com a Argentina), Tite atacou de ‘ministro da Fazenda’ para explicar como definirá a lista da Copa: “Vou analisar a poupança de cada um. O jogador coloca uma boa atuação, uma boa entrada, uma boa finalização, uma boa cobertura. Depois, eu vou checar a poupança.” O tempo passa, o tempo voa, e a poupança do Tite continua numa boa.

                                                    ############

Pitaco do Chucky. Cartolas em festa: junho é o mês das quadrilhas. Viva Santo Antônio, São João e São Pedro!

Ô coitados! O atacante Neymar é o único brasileiro na lista das 100 celebridades mais bem pagas em 2016, para tristeza da turma do contra. De acordo com a revista ‘Forbes’, o craque do Barcelona faturou US$ 37 milhões (R$ 121 milhões) e subiu uma posição no ranking, ocupando o 71º lugar. O rei do café no bule é o rapper Sean Diddy, que ganhou US$ 130 milhões (R$ 425,5 milhões), passando da 22ª posição para o topo da lista. Em segundo aparece a cantora Beyoncé, com US$ 105 milhões (R$ 343 milhões), à frente da autora JK Rowling, criadora da saga ‘Harry Potter’, que embolsou US$ 95 milhões (R$ 311 milhões). Cinco dos 10 mais ricos são cantores, enquanto apenas dois são atletas. Cristiano Ronaldo, Real Madrid, ocupa a quinta posição, com US$ 93 milhões (R$ 304 milhões), e LeBron James, dos Cavaliers, está na décima, com US$ 86 milhões (R$ 281 milhões).

Zé Corneta. E o rubro-negro Eduardo Bandeira de Mello, hein? O nobre cartola se meteu numa tremenda bananada.

Campeão de audiência. Champanhe na plim-plim: Corinthians x São Paulo rendeu 30 pontos de audiência na grande Pauliceia dominada pela violência. É o maior ibope de um jogo do Brasileirão aos domingos desde 2 de dezembro de 2007, quando o Grêmio rebaixou o Corinthians para a Série B. Se considerados também os jogos às quartas-feiras, o Majestoso cravou o melhor resultado do Brasileirão no ibope desde 21 de setembro de 2011. Outros torneios, no entanto, renderam mais audiência à plim-plim nos últimos anos. Em fevereiro, por exemplo, Corinthians x Palmeiras, pelo Paulistinha, amealhou 34,2 pontos. Na final da Libertadores de 2012, Corinthians x Boca Juniors marcou 48. Em 2005, São Paulo x Furacão registrou 52.

Sugismundo Freud. Quem muito olha nada vê.

Campeão de audiência 2. Na Cidade Maravilhosa das balas uivantes, Avaí x Flamengo conquistou 28 pontos, a segunda maior média do Brasileirão até agora. Cada ponto em SP corresponde a 70,5 mil domicílios sintonizados; no RJ, 44 mil. O top 10 desta temporada na capital paulista:

Corinthians x Palmeiras – Paulistinha – 34,2 pontos
Corinthians x São Paulo – Brasileirão – 30
Vasco x Corinthians – Brasileirão – 29,3
Corinthians x Ponte – Paulistinha – 28,6
Corinthians x São Paulo – Paulistinha – 28,5
Corinthians x Saci colorado – Copa do Brasil – 28,2
Saci colorado x Palmeiras – Copa do Brasil – 27,3
Peixe x São Paulo – Paulistinha – 26,8
Ponte x Corinthians – Paulistinha – 26,7
Peñarol x Palmeiras – Libertadores – 26,3

Patolino na geral. Jô anda mais feliz pelo CT corintiano que rato em enterro de gato.

Zapping. Que coisinha ruim a transmissão do amistoso da amarelinha desbotada. O narrador Nivaldo Prieto e o comentarista Pelé, cedido pelo empresário EA do Nascimento, vestiram novamente a camisa do Circo Brasileiro de Futebol. Manda quem pode, obedece quem recebe. Já a Cultura obteve 2,2 pontos no ibope, contra 11,4 da plim-plim. E a TV Brasil amealhou 0,3 com o embate diante da Austrália, metade da audiência do jogo com a Argentina.

Caiu na rede (by ‘Olé do Brasil’). Sem transmissão de jogos da seleção, Globo promove campeonato de LOL e Counter Strike entre apresentadores.

Gilete press. De Guilherme Amado, no ‘Globo’: “Depois de aprovar a viagem de 11 deputados para Londres, Atenas e Barcelona, para ‘conhecer o legado das Olimpíadas’, a Comissão de Esporte aprovou viagens a Moscou e a São Petersburgo, para, acredite, tomar conhecimento de como o país se preparou para sediar a Copa das Confederações.” É muita safadeza.

Tiro curto. Grêmio, 2005: a batalha dos Aflitos. Inter, 2017: a batalha dos apitos.

Tititi d’Aline. Por uma daquelas incríveis coincidências que só mesmo o capitão Gancho poderia explicar a Peter Pan, o Peixe voltou a mergulhar em vitórias depois da demissão do ‘professor’ Dorival Júnior. Com o interino Elano, que não se dava bem com DJ e seu filho, a equipe bateu Botafogo (1 a 0) e Furacão (2 a 0). Metamorfose ambulante. Te cuida, Levir!

Você sabia que… Lewandowski chegou a 46 gols com a camisa da Polônia e está a dois de igualar o recorde de Lubanski, atacante que marcou 48 entre 1963 e 1980?

Bola de ouro. Kevin Durant. O grande comandante do Golden State Warriors nos playoffs finais contra o Cleveland Cavaliers. Além de conquistar o título da NBA pela primeira vez, foi eleito o atleta mais valioso (MVP) da decisão, com 35,2 pontos por partida, contra 26,8 de Stephen Curry. O GSW fechou a série melhor de sete em 4 a 1. O caneco confirmou uma temporada fantástica do GSW, principalmente na pós-temporada: 15 triunfos em 16 partidas.

Bola de latão. Cristiano Ronaldo. O gajo foi denunciado pelo Leão espanhol por fraude de 14,7 milhões de euros (R$ 54 milhões) entre 2011 e 2014. CR7 teria usado empresas em paraísos fiscais para driblar a mordida do Fisco.

Bola de lixo. Maicon. De herói são-paulino na Libertadores de 2016 a vilão nesta temporada. Muita gente no soberano Tricolor ficaria extremamente feliz se o clube recuperasse parte dos seis milhões de euros (R$ 22 milhões) investidos no bico da chuteira de Maicon. Galatasaray e Fenerbahce, ambos da Turquia, estariam interessados no jogador.

Bola sete. “Não é agradável perder as finais em cinco partidas, mas demos tudo em cada uma delas e, portanto, não tenho motivo para ir embora com a cabeça baixa. Perdemos para a melhor equipe das três últimas temporadas da NBA” (de LeBron James, fera dos Cavaliers, sobre a derrota para o Golden State Warriors – chuá!).

Dúvida pertinente. Os ‘bichos-papões’ Palmeiras, Galo e Flamengo vão brigar pelo título ou só por vaga na Libertadores?

O que você achou? jr.malia@bol.com.br

Anúncios

Um comentário em “Diego Souza, o ‘Papa-léguas’, só não irá à Copa se perder o avião para a Rússia”

  1. “Os ‘bichos-papões’ Palmeiras, Galo e Flamengo vão brigar pelo título ou só por vaga na Libertadores?” Se não acordarem logo e engatarem uma boa sequência, até Libertadores pode ficar difícil.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s